Coleção com gravações raras de Joy Division e New Order é colocada à venda

Engenheira de som que participou das sessões no estúdio encontrou o áudio da master do disco Unknown Pleasures, entre outros

Rolling Stone EUA Publicado em 15/08/2013, às 13h08 - Atualizado às 20h17

Há 30 anos, Ian Curtis, vocalista do Joy Division, cometeu suicídio
Reprodução

Uma coleção de fitas com masters raras de bandas como New Order e Joy Division será colocada à venda. Julia Adamson “resgatou” as fitas que estavam com ela há anos, segundo noticiou o Slicing Up Eyeballs. Ela foi integrante do The Fall e, depois, tornou-se assistente do produtor Martin Hannett e engenheira de som em Manchester.

“Sinto hoje a mesma culpa que sentia em 1980”, diz Peter Hook sobre o suicídio de Ian Curtis.

Julia escreveu no Facebook dela que, primeiramente, ofereceu as fitas aos integrantes das bandas que estiveram envolvidos nas gravações; “Eu cuidei dessas fitas por muito tempo, e, quando fui falar com os artistas, fui alvo de acusações e abusos. Então, eu não me importo mais”, escreveu ela.

A ideia de Julia é, agora, encontrar algum colecionar que queira comprar as quase 30 fitas, que incluem a master original de Unknown Pleasures. “A qualidade de Unknown Pleasures ultrapassa e muito a masterização vinil ao longo dos anos (eles perderam as fitas originais há muito tempo, estas são cópias e extras, mas eu garanto que são excelentes).”

Nos tempos de Joy Division: em clima de homenagem, Peter Hook apresentou faixas de sua ex-banda em 2011. Leia a entrevista.

A coleção também inclui gravações de Furs, Magazine, The Durutti Column, The Names, Slaughter and The Dogs, entre outros. “Provavelmente uma das razões destas fitas estarem comigo é porque elas eram incrivelmente valiosas e precisavam ser mantidas em segurança”, escreveu Julia, atualmente dona do selo Invisible Girl.

Ainda no post no Facebook, ela informa que quem se interessar em comprar as fitas deve entrar em contato com ela. “Eu estou ansiosa para que um colecionador as tenha (toda a coleção, idealmente) já que elas são muito antigas, provavelmente estão se deteriorando e eu não quero mais cuidar delas.”