Death Magnetic é melhor em game

Compressão de novo álbum do Metallica faz áudio ficar melhor no Guitar Hero do que em CD

Da redação Publicado em 16/09/2008, às 16h43 - Atualizado às 16h57

Nas duas primeiras linhas azuis, Death Magnetic em versão Guitar Hero: Ondas sonoras mais largas e menos apertadas dão mais qualidade ao álbum
Reprodução

O blog da MusicRadar testou a compressão de áudio do novo álbum do Metallica, Death Magnetic, após reclamações de milhares de fãs sobre a qualidade sonora do disco.

O estudo revelou que o álbum tem uma das maiores compressões já vistas na música, e que sua versão vendida no game Guitar Hero tem uma qualidade de áudio bem melhor, por ter os canais sonoros menos apertados na hora da mixagem.

Funciona da seguinte maneira. Cada instrumento, além do vocal, é gravado separadamente em estúdio. Na hora da edição da música, é possível escolher volumes diferentes para cada um dos canais da gravação. Quanto mais comprimidos, mais altos e misturados os sons ficam. É o caso do baixo de Robert Trujillo, que praticamente não é notado em todo Death Magnetic. Na versão do Guitar Hero, a compressão precisa ser menor, já que o jogador precisa claramente ouvir o som da guitarra.

Desde o lançamento do álbum, na última semana, fãs passaram a reclamar publicamente da qualidade da mixagem, chegando inclusive a criar um abaixo assinado que pede a re-mixagem de todo o disco.

Ted Jansen, engenheiro de som responsável por Death Magnetic afirmou no fórum oficial da banda que "As mixagens já estavam assim quando chegaram à minha mesa. Não estou contente em ser associado a este disco".