Pulse

Disney exclui cena de Toy Story 2 que fazia piada com assédio sexual

O momento em questão do filme de 1999 envolvia o personagem Pete Fedido e duas Barbies

Redação Publicado em 04/07/2019, às 12h53

None
Cena dos erros de gravação de Toy Story 2 (Foto:Reprodução)

Para entrar na onda do lançamento de Toy Story 4, todos os filmes da franquia foram relançados em diversos formatos. E a Disney aproveitou esse momento para corrigir um erro grave que fazia parte da segunda aventura de Woddy, Buzz e os brinquedos: o estúdio apagou uma cena que fazia piada com abuso sexual.

O momento em questão era exibido durante os créditos do longa, e fazia parte dos já tradicionais "erros de gravação", que marcam presença nas quatro animações.

A cena excluída mostra o personagem Pete Fedido dentro de sua caixa, conversando com duas Barbies. "Então, vocês duas são absolutamente idênticas?", ele pergunta para as bonecas. Depois de rir, ele segura a mão de uma delas e diz: "Tenho certeza que poderia conseguir um papel em Toy Story 3 para vocês". 

Logo em seguida o personagem percebe que está sendo filmado e fica claramente desconcertado.

Não há dúvidas quanto a intenção do personagem, e o fato da Disney ter retirado o momento do relançamento responde qualquer dúvida que ainda restava sobre o teor da piada.

Pelo menos a produtora percebeu o erro e, assim que pôde, deu seu jeito de arrumar, já que brincadeiras como essa com certeza não seriam toleradas em uma época de tantas denúncias de abuso sexual na indústria cinematográfica e no mundo todo.

Toy Story 2 estreou nos cinemas em dezembro de 1999. Assista à cena abaixo, que está na marca dos 19 segundos do vídeo.

 

+++ SESSION ROLLING STONE: Cynthia Luz acredita no amor puro com "Não Sou Sem Nós"