Eddie Vedder cresceu com dois nomes diferentes - e nenhum é o que usa hoje

O vocalista do Pearl Jam acreditou a vida inteira ser filho de um homem - mas seu pai era outra pessoa

Redação Publicado em 23/04/2020, às 17h45

None
Eddie Vedder (Foto: Amy Harris / Invision / AP)

Eddie Vedder, frontman do Pearl Jam, nasceu em 1964 sob o nome Edward Louis Severson III. Chegou em momento familiar conturbado: seus pais biológicos, Karen Lee Vedder e Edward Louis Severson Jr., enfrentavam um difícil processo de divórcio. A mãe dele, depois, acabou casando-se com Peter Mueller - e passou a morar com ele.

Oficialmente padrasto, Muller adotou Eddie - mas o menino não sabia. Acreditava que aquele era seu pai biológico, e era chamado de Edward Muller por todos. Foi só na adolescência que descobriu que seu pai, na verdade, não era Peter - e seu nome, no registro, era Edward Louis Severson. O pai biológico morrera anos antes.

+++ LEIA MAIS: Como surgiu o nome ‘Pearl Jam’? 3 teorias erradas e 1 (provavelmente) certa

Descobriu tudo isso no meio de uma adolescência conturbada. Eddie se sentia solitário, morava sozinho desde os 15 anos, não conseguia conciliar o trabalho e a escola, pois dormia em todas as aulas de exaustão. Seu único consolo era a música - e queria se dedicar a isso.

Com cerca de 17 anos, Eddie largou a escola e mudou-se para Chicago. Largou, também, o sobrenome com que crescera - Muller - e o nome de batismo - Severson. Adotou Vedder, nome de solteira da mãe.

+++ LEIA MAIS: 7 músicas do Pearl Jam para 'ficar em paz' e enfrentar os tempos difíceis [LISTA]

Depois de poucos anos, na década de 1980, Eddie Vedder resolveu terminar a escola. Fez um supletivo, conseguiu o diploma do Ensino Médio, e até começou a faculdade enquanto pulava de emprego em emprego (como segurança de hotel, garçom, etc) e gravava diversas demos.

Eddie Vedder lançou Ten, primeiro disco do Pearl Jam, em 1991. Tinha 27 anos, na época.

+++ SESSION RS: SCALENE TOCA ASSOMBRA