Empresário do Nirvana prepara novo livro sobre Kurt Cobain

Serving the Servant: Remembering Kurt Cobain terá entrevistas com Courtney Love, Krist Novoselic e arquivos inéditos

Redação Publicado em 05/02/2019, às 11h18

None
Kurt Cobain e seu gato (Foto: Reprodução/Vídeo)

Um dos empresários do Nirvana entre 1990 e 1994, Danny Goldberg está prestes a lançar um livro sobre o período no qual trabalhou com uma das bandas mais importantes da história do rock. 

Serving the Servant: Remembering Kut Cobain, chega às livrarias norte-americanas no dia 2 de abril. Ainda não há previsão de adaptação para o português. 

Além de memórias do próprio Goldberg sobre o vocalista e letrista do trio, a obra também conta com arquivos inéditos e entrevistas exclusivas com Courtney Love e com o baixista Krist Novoselic.

Os temas abordados, porém, não fogem daqueles já tratatos em outras oubras (e também no cinema), como o casamento com Courtney, o nascimento da filha Frances Bean e o vício.

O empresário tem artistas de peso em seu histórico. Goldberg começou sua carreira como publicitário do Led Zeppelin, e depois ainda trabalhou como executivo na Mercury Records e na Warner Bros. Records.

Ele já escreveu outros livros, incluindo Bumping Into Geniuses: My Life Inside the Rock and Roll Business, no qual conta sobre sua trajetória e fazer parte do mundo de negócios que existe dentro do rock.

Quando anunciou o novo livro, em 2018, ele revelou que começou a trabalhar com o Nirvana um ano antes da gravação de Nevermind, e se tornou amigo próximo de Cobain desde então.

“A mídia costuma focar apenas na morte trágica dele. É impossível ignorar tudo que o aterrorizava internamente, mas durante a pesquisa que fiz para Serving the Servant, me deparei mais com indícios do quão brilhante ele era, do senso de humor que tinha e sua bondade com todos que o rodeavam”, contou.

Thruston Moore, guitarrista e vocalista do Sonic Youth, disse que o livro “é um réquiem contemplativo sobre alguém que amamos e que tocou todo o planeta com uma mágica singular”.