Ex-noiva de Charlie Sheen processa ator após suposto aborto forçado

Segundo Brett Rossi, ele já sabia que tinha HIV e a pressionou a fazer o procedimento

Redação Publicado em 04/12/2015, às 17h03 - Atualizado às 18h45

A atriz Brett Rossi
Reprodução/ Instagram: imbrettrossi

Brett Rossi, ex-noiva de Charlie Sheen, entrou com um processo contra o ator alegando que, em maio de 2014, ele a teria forçado a realizar um aborto. Brett alega que Sheen já sabia que era portador do vírus HIV e, por isso, a pressionou a realizar o procedimento.

Luto e luta: relembre a história de dez artistas que contraíram HIV.

Segundo o site TMZ, a ex-atriz pornô alega que o ator dizia que ela daria à luz “um filho retardado”.

Mais de 30 anos após ser identificada, AIDS deixou de ser um monstro, mas ainda é motivo de preocupação.

Além disso, Brett diz ter feito sexo sem proteção com Sheen ao menos em cinco oportunidades, descobrindo a condição dele somente ao encontrar medicamentos contra o HIV no armário do ator. A ex-noiva relatou ainda atitudes violentas de Sheen, citando o episódio no qual o ator tentou acertá-la com um bloco de cimento.

Revelação de Charlie Sheen

O ator Charlie Sheen, de Two and a Half Men, Wall Street - Poder e Cobiça e Top Gang! - Ases Muito Loucos , revelou recentemente, em um programa de TV norte-americano, que é HIV positivo. “Estou aqui para admitir que sou HIV positivo. São três letras difíceis de absorver”, disse ele ao vivo no programa Today, da NBC.

Sheen, hoje com 50 anos, declarou que está com a doença há quatro anos e que não sabe como a contraiu. Ele é pai de cinco filhos e tem três ex-mulheres, Donna Peele, Denise Richards e Brooke Mueller. Segundo o ator, nenhum deles foi infectado pela doença. Ele também garante não ter transmitido o vírus para outras pessoas, apesar de ter admitido que fez sexo com duas pessoas sem proteção após o diagnóstico. As duas foram informadas sobre a condição dele e estão sob cuidados médicos.

Assista ao vídeo:

“Eu tive que parar com monte de ataques e histórias muito prejudiciais sobre mim", disse Sheen, que a princípio imaginava ser vítima de outra doença. "Começou com o que eu pensei ser uma série de dores de cabeça, eram enxaquecas insanas. Eu pensei que tinha um tumor no cérebro e que estava acabado."

Quando descobriu a doença, o astro de televisão contou que foi vítima de extorsões de pessoas em quem confiava e que exigiram milhões de dólares para que o segredo não fosse revelado. “Confiei neles e pensei que poderiam me ajudar. Acho que hoje me libertei dessa prisão. Essas pessoas não estavam tirando dinheiro de mim, mas dos meus filhos", finalizou.