Exclusivo: Emicida faz homenagem à nova série de Neil Gaiman com a música "Final dos Tempos"; assista

Fã de Neil Gaiman, rapper foi convidado para criar uma música dentro do universo da série Good Omens, da Amazon Prime Video

Pedro Antunes Publicado em 29/05/2019, às 14h30 - Atualizado às 14h41

None

Emicida não é estranho ao universo da cultura pop. Está nas suas rimas, das mais furiosas às amenas, mas também como inspiração de forma mais indireta. Emicida, quando ainda era Leandro, era um fissurado por quadrinhos, desenhava e até se via como ilustrador no futuro, antes de crescer no rap e se tornar um dos principais MCs do Brasil.

O rapper também foi bem direto nessa relação. Além de ter suas músicas no lindo filme de animação brasileiro O Menino e o Mundo, Emicida quando criou a canção "Pantera Negra", um tributo ao herói de mesmo nome, levado aos cinemas pelo Marvel Studios. Foi uma pancada.

Por falar em pancada, vem mais uma aí. Emicida lança, com exclusividade pela Rolling Stone Brasil, a música "Final dos Tempos" (Laboratório Fantasma), uma faixa que se relaciona diretamente com a série Good Omens, uma nova série da Amazon Prime Video, baseada no livro de Terry Pratchett e Neil Gaiman - o segundo é uma das referências do rapper.

"Sou fã do Neil Gaiman", conta Emicida. "Conheci o trabalho dele através de Sandman, depois vi muitas outras coisas. Tem um discurso lindo dele sobre fazer boa arte que até virou livro. Isso sem falar em American Gods, que é um romance incrível"

Emicida diz viver "o sonho de qualquer nerd" ao colaborar em um projeto que conta com o nome de Gaiman. Good Omens tem o autor norte-americano como showrunner e um elenco interessantíssimo, incluindo o anjo Aziraphale (Michael Sheen) e o demônio Crowley (David Tennant). Jon Hamm e Miranda Richardson também completam o belo time de atores da produção.

Na trama da série, com estreia marcada para o dia 31 de maio pelo serviço de streaming, o mundo está perto do fim, do tal apocalipse bíblico. A série, aliás, parte da premissa da existência do Deus católico (dublado pela vencedora do Oscar Frances McDormand) e dos dois personagens principais, o anjo de Sheen e o demônio de Tennant, vivem na Terra há milênios e querem prevenir o fim da humanidade como a conhecemos.

Emicida se insere nesse contexto - fictício, embora nem tanto - ao interpretar o anjo e o demônio, em uma partida de xadrez, a discutirem o fim dos tempos, o apocalipse real. Com o rapper, tudo ganha uma perspectiva mais real. Os tempos, de fato, parecem estar no fim.

Com rimas apoiadas na música de Thiago Jamelão e DJ Duh (também produtor da faixa), Emicida traz referências à cultura da selfie, da sociedade veloz e tudo mais. Diz até um "sem tempo, irmão", que pode ser um meme, mas também é mais real do que a gente gostaria.

Assista abaixo ao vídeo de "Final dos Tempos", com direção de Fred Ouro Preto. Para ouvir a música nas plataformas de streaming, clique aqui:


Emicida em breve lançará um novo disco, sucessor de Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa, álbum de 2015.

+++ VÍDEO: Rincon Sapiência aprendeu a "desenhar o próprio nome", quase foi jogador de futebol e se tornou Rei dos Feats do rap nacional