Gabrielle Crahan, filha de Clown, do Slipknot, morre aos 22 anos

Amigos e familiares lamentaram a perda na internet; causa da morte não foi revelada

Redação Publicado em 19/05/2019, às 21h46

None
Shawn "Clown" Crahan, do Slipknot (Foto: Divulgação)

Gabrielle Crahan, filha de Shawn “Clown” Crahan, percussionista do Slipknot, morreu neste sábado, 18, aos 22 anos de idade. As informações foram compartilhadas nas redes sociais da banda neste domingo, 19, mas a causa não foi revelada.

“É com um coração partido e de um ambiente de muita dor que informo a todos que minha filha mais nova, Gabrielle, faleceu ontem — sábado, 18 de Maio de 2019. Ela tinha 22 anos idade. Informações sobre o funeral virão em breve. Minha família e eu pedimos que nossa privacidade seja respeitada daqui para frente. Obrigado. Muito amor, Clown”, escreveu o músico.

Corey Taylor, o frontman da banda, também se posicionou. “Meu coração está partido pelo meu irmão. Por favor, mantenham a família Crahan em seus pensamentos e em seu amor. Ela fará falta”, postou em seu Twitter.

Crahan também é pai de Alexandria, Simon e Cage Crahan. Alexandria e Simon, ambos mais velhos do que Gabrielle, também fizeram declarações públicas sobre a tragédia.

“Hoje é o dia mais difícil de minha vida, estou confuso, com raiva, triste — estou apenas triste, muito triste [...] éramos como melhores amigos, tínhamos uma ligação especial e agora você não está mais aqui. Eu te amo, Gabri, e sei que você sempre saberá disso” disse o irmão.

“Estou em choque e não tenho ideia de como processar a onda de emoções que estou sentindo. O conforto que tenho em momentos assim são minha família, amigos e meus gatos. Por favor, mandem boas energias aos meus pais e meus irmãos. Essa perda deixou um grande buraco e nossas vidas nunca mais serão as mesmas. 22 é muito jovem para morrer”, lamentou Alexandria.

Na último quinta, 16, o Slipknot divulgou suas novas máscaras, além de novas músicas e novo disco, We Are Not Your Kind. A turnê estava prevista para começar na próxima sexta, 24.