Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Fotógrafo relembra ensaio nu com João Donato e Jards Macalé: 'Um baseado atrás do outro'

João Donato morreu nesta segunda-feira, 17, aos 88 anos

João Donato e Jards Macalé (Foto: Divulgação/Leo Aversa)
João Donato e Jards Macalé (Foto: Divulgação/Leo Aversa)

 Leo Aversa,fotógrafo responsável pelo ensaio de João Donato e Jards Macalé nus para o disco Síntese do Lance (2021), contou ao Jornal O Globo como foi passar o dia com os músicos. Segundo ele, os dois já vieram com a "ideia 'maluca' pronta". 

"Clicar Donato pelado, com Jards Macalé, foi uma das sessões mais divertidas da minha vida. Eles já vieram com a ideia - maluca - pronta," escreveu ele. 

+++LEIA MAIS: Velório de João Donato será no Theatro Municipal no Rio de Janeiro

Ver aqueles respeitáveis senhores zanzando nus pela casa foi algo único. Donato era um gênio da música, mas, de perto, muito mais.
Depois, na hora do relax, vieram as memórias, os pensamentos aleatórios e os fatos da vida. Papo de maluco, né? Pedaços de memórias, observações aleatórias sobre a vida e um baseado atrás de outro."
Capa de 'Sínstese do Lance' de João Donato e Jards Macalé
Capa de 'Sínstese do Lance' de João Donato e Jards Macalé

O fotógrafo relembra que Donato comentou o uso da maconha, que segundo ele, na idade em que estava o médico havia pedido para que parasse: 

Aliás, essa história é boa: o médico pediu para Donato maneirar na maconha. Mas como ele já tinha chegado aos 87 daquele jeito, acendendo um baseado no outro, era melhor não parar. 'Dá pra diminuir um pouco?', teria suplicado...

Trajetória

João Donato morreu na madrugada desta segunda-feira, 17, aos 88 anos. O músico era pianista, acordeonista, arranjador, cantor e compositor. Com 74 anos de carreira, ficou conhecido pela sua importância na MPB e na bossa nova.

Nascido no Acre, em 1934, o artista começou a fazer música no final dos anos 1940, quando se mudou com a família para o Rio de Janeiro. Em 1956 lançou seu primeiro álbum instrumental: Chá Dançante. Na bossa nova, colaborou com Tom Jobim e Vinicius de Moraes.

Durante a década de 1960, mudou-se para os Estados Unidos e teve contato com a música latina e caribenha. O álbum produzido no país, A Bad Donato, tornou-se um dos mais famosos do compositor.

Quando voltou ao Brasil, já em 1972, as canções de Donato passaram a ganhar letras. No disco de 1973, Quem É Quem, "Ahie" teve a letra escrita por Paulo César Pinheiro. Com isso, sobretudo cantoras começaram a fazer regravações. Nana Caymmi gravou "Ahie", enquanto Gal Costa gravou "The Frog", por exemplo.

Em 2010, João Donato ganhou o Grammy Latino por melhor álbum de jazz latino. Em 2016, a Rolling Stone Brasil elegeu o disco Donato Elétrico como o 11º melhor álbum brasileiro do ano.

Serotonina foi o último álbum lançado pelo músico, em 2022.