Guns N' Roses: guitarrista lança promoção

Cinco sortudos da América do Sul ganharão ingressos para um dos shows, encontro com a banda, CD autografado e aula de guitarra com Bumblefoot

Da redação Publicado em 08/03/2010, às 13h00

O guitarrista do Guns N' Roses, Bumblefoot, junto à Bald Freak Music, gravadora do seu último álbum solo, Abnormal (2008), lançou uma promoção tentadora aos fãs da América do Sul. Os ganhadores serão privilegiados com um ingresso para um dos shows da turnê, encontro com a banda, o disco de Bumblefoot autografado e uma aula individual de guitarra com o músico.

A Rolling Stone Brasil leva você e um acompanhante ao show do Guns N' Roses em São Paulo, no próximo sábado, 13. Clique aqui para concorrer.

As inscrições para a promoção começaram no dia 5 de março e vão até o dia 19. Os cinco ganhadores serão responsáveis por suas próprias despesas de transporte envolvendo a promoção. Passes para o pós-show permitem acesso temporário para conhecer os integrantes da banda nos bastidores, onde vão poder pegar autógrafos e tirar fotos. Não foi especificado se o encontro contará com a participação do sempre imprevisível Axl Rose, único remanescente da formação orignal do Guns.

A aula individual com o guitarrista terá duração de cerca de 30 minutos, podendo ser mais longa ou mais curta de acordo com a disponibilidade de Bumblefoot. Se o ganhador não levar uma guitarra, o músico poderá emprestar seu próprio instrumento durante o período de aula.

Para participar do concurso, é preciso ser maior de 18 anos, residente legal no país em que está e legalmente apto para viajar ao show de sua escolha. O formulário está disponível no site da gravadora Bald Freak Music.

No Brasil, o Guns N' Roses começou sua turnê no úlitmo domingo, 7, em Brasília. A banda ainda passa por Belo Horizonte (10, Mineirinho), São Paulo (13, Parque Antártica), Rio de Janeiro (14, Praça da Apoteose) e Porto Alegre (16, estacionamento da Fiergs). Depois, o grupo liderado por Axl Rose vai para o Uruguai (18, Montevidéu), Argentina (20, Buenos Aires), Chile (22, Santiago), Peru (25, Lima), Venezuela (27, Caracas), Colômbia (30, Bogotá) e Equador (4 de abril, Quito).