Pulse

Histórico show de Bob Dylan no Hyde Park é criticado e defendido por fãs: "Não é o Ed Sheeran"

Dylan e Neil Young foram as principais atrações do evento que reuniu milhares de pessoas em Londres, na Inglaterra, na noite de sexta, 12

Redação Publicado em 15/07/2019, às 09h24

None
Bob Dylan, em ação no British Summer Festival (Foto: Isabel Infantes/PA Wire / Via AP Images)

Bob Dylan e sua Never Ending Tour (algo que pode ser traduzido por "turnê sem fim") chegou ao Hyde Park no festival British Summer Time, na noite de sexta-feira, 12, em Londres.

Há tempos Dylan não tocava para um público massivo. Na mesma data, também se apresentaria Neil Young, outro ícone do folk e da música mundial. Ou seja, uma noite histórica na Inglaterra.

Mas, além de histórico, também foi uma apresentação que não deixou todos os fãs tão felizes assim. E nem estamos falando sobre o fato de que Dylan e Young não terem dividido o palco, algo que muita gente esperava, mesmo sem qualquer indício de que o encontro aconteceria, de fato.

+++ LEIA MAIS: 5 histórias que não são reais no novo documentário de Bob Dylan

Acontece que um show do Bob Dylan não é exatamente uma apresentação fácil. E isso dividiu a opinião de gente que talvez não estivesse acostumado com isso.

Muitos reclamaram no Twitter, chamaram Dylan de "saco de lixo" por não tocar um hit sequer.

"Nunca vi tanto lixo", escreveu uma pessoa de usuário na rede social chamado KatherineLondon, que seguiu: "Depois de uma hora, várias pessoas começaram a ir embora. [Bob Dylan é] um idiota auto-indulgente. Não tocou um único hit. Não se preocupe em ir assisti-lo, ele está acabado. #homemegoísta".

+++ LEIA MAIS: 50 anos de Nashville Skyline do Bob Dylan: 10 coisas que você não sabia sobre o disco

Outros fãs, na mesma rede social, também saíram em defesa de Dylan. "Você conhece muito pouco de Dylan se você esperava um show de greatest hits. Ele não é Ed Sheeran. Ele é um artista ral. Ele quase nunca toca a mesma música da mesma forma duas vezes", respondeu outra pessoa.

"Ele tem tocado dessa maneira há 40 anos", defendeu um usuário do Twitter de nome Daniel Dexter.

+++ VÍDEO: Di Ferrero escolhe os melhores de todos os tempos: de Metallica a Charlie Brown Jr.