Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Opinião

James Gunn detona 'pornô de participações' especiais em filmes de herói

Novo chefão da DC nos cinemas, séries de televisão, animações e videogame ao lado de Peter Safran, James Gunn quer personagens que façam sentido

James Gunn (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images)
James Gunn (Foto: Matt Winkelmeyer/Getty Images)

Um dos grandes sucessos de Hollywood no século XXI, os filmes de super-herói começaram a ter uma queda na qualidade e popularidade. Um dos pontos mais criticados são as aparições de personagens que não fazem diferença na trama, algo descrito pelo diretor James Gunn como "pornô de participações."

Vale lembrar como Gunn comandou os três filmes dos Guardiões da Galáxia e é o chefão da DC, ao lado de Peter Safran, em longas, séries, animações e videogames. Além disso, ele comandará Superman: Legacy, estrelado por David Corenswet e Rachel Brosnahan, com estreia marcada para 10 de julho de 2025 nos cinemas brasileiros.

+++LEIA MAIS: Zack Snyder diz que James Gunn o chamou para participar do DCU

Em publicação feita no Threads, o cineasta respondeu um comentário de um internauta que dizia como estava cansado de filmes de super-heróis nos quais um "personagem aparece na tela por 10 segundos para marcar uma caixa de seleção."

"Eu chamo isso de ‘pornô de participações’ e tem sido um dos piores elementos dos filmes recentes de super-heróis," respondeu James Gunn (via NME). "Se um personagem está em um filme, ele precisa ter um motivo para estar lá em termos de história." Em seguida, outro internauta perguntou se o diretor se opunha totalmente a uma participação especial divertida ocasionalmente.

Tudo bem se não atrapalhar a história. São os artifícios da trama que se desenvolvem a partir de uma participação especial, e não a participação especial em si.

+++LEIA MAIS: James Gunn escala irmão para viver personagem que foi de Pedro Pascal na DC