Jay-Z diz que discutir homossexualidade da mãe em música melhorou relação entre eles: 'mudou a dinâmica'

Gloria Carter, mãe de Jay-Z, relutou em assumir homossexualidade na música 'Smile', mas ao final aceitou tratar do tema

Itaici Brunetti Publicado em 02/06/2021, às 09h21

None
O rapper Jay-Z (Foto: Ben Margot/AP)

A faixa "Smile", do álbum 4:44 (2017), de Jay-Z, fala sobre a sexualidade da mãe do cantor, Gloria Carter. De acordo com o astro do rap, sua mãe estava relutante em assumir publicamente a homossexualidade na música do filho, mas abordar o assunto melhorou o relacionamento entre os dois. 

Em recente aparição no programa The Shop: Uninterrupted, Jay-Zrevelou que, inicialmente, sua mãe não queria se expôr dessa maneira, mas mudou a decisão. "Quando ela ouviu essa música pela primeira vez, ela ficou super defensiva." relembrou o rapper. 

+++LEIA MAIS: Jay-Z comemora legalização da maconha em Nova York

"Eu estava em Los Angeles e ela voou para lá. Nós conversamos sobre isso [a música] e ela disse: 'Não," relatou Jay-Z. "Então, quando ela veio me visitar em Los Angeles novamente, ela escreveu um poema em um bloco de notas da American Airlines e me entregou.", contou o astro sobre receber permissão da mãe para abordar o tema na canção. 

"Isso mudou a dinâmica do nosso relacionamento", concluiu Jay-Z

+++LEIA MAIS: 14 músicas mais icônicas de Jay-Z [LISTA]

Em "Smile", Gloria Carter lê o seguinte verso ao fim da música: "Viver na sombra parece o lugar seguro para se estar. Nenhum dano para eles, nenhum dano para mim. Mas, a vida é curta e é hora de ser livre. Ame quem você ama, porque a vida não é garantida."

As informações são da NME


+++ SUPLA | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL