Jessica Chastain critica diálogo de personagem em Game of Thrones

"Estupro não é uma ferramenta para tornar um personagem mais forte", afirma a atriz

Redação Publicado em 08/05/2019, às 16h46

None
Jessica Chastain (Foto: Matt Sayles/AP)

Uma dos personagens mais guerreiras de Game of Thrones, do começo ao fim, foi Sansa Stark (Sophie Turner), que sobreviveu (até agora) e cresceu ao longo das oito temporadas, mas não sendo poupada de sofrimento durante esse caminho.

Desde quinta temporada, ela foi forçada a enfrentar os violentos abusos de Ramsay Bolton, o que fez com que a série atraísse uma gama de fãs irritados com o programa e ressentidos com a brutalidade desnecessária vivenciada pela personagem. O enfoque das críticas também se voltou para o roteiro ter sido feito predominantemente por homens com pouca sensibilidade para falar sobre o assunto.

+++ Game of Thrones: 3 previsões para o final da série

Um diálogo do quarto episódio, 'The Last of the Starks', exibido no último domingo, 4, reacendeu a discussão para o público. Na cena, Sansa diz ao Cão: "Sem o Mindinho, o Ramsay e o resto, eu seria um 'pequeno pássaro' a vida toda", disse Sansa.".

Imediatamente os fãs ficaram decepcionados com a necessidade contínua do programa evidenciar os casamentos forçados e estupro como um fator triunfante de crescimento do personagem. A atriz Jessica Chastain também levantou a questão e foi para o Twitter discutir o diálogo da personagem.

+++Game of Thrones: George R. R. Martin diz que spin-off será gravado em 2019 e outros dois estão a caminho

“Estupro não é uma ferramenta para tornar um personagem mais forte. Uma mulher não precisa ser vitimada para se tornar uma borboleta”, afirma Chastain. “O #littlebird sempre foi um Phoenix. Sua força predominante é unicamente por causa dela. Sozinha”

+++ Cheia de amor, Cynthia Luz se posiciona como dona da voz (rouca) em ascensão do pop e R&B nacional