“Jesus me ajudou a superar”, diz Little Richard sobre seu infarto

O músico conversou sobre seus problemas de saúde com Cee Lo Green durante um evento beneficente em Atlanta

Kristi York Wooten Publicado em 01/10/2013, às 09h40 - Atualizado às 10h12

Little Richard
Patrick Semansky/AP

Little Richards subiu ao palco ao lado de Cee Lo Green, em Atlanta, durante um evento de arrecadação de dinheiro para a Academia de Gravação, e os dois tiveram uma longa conversa que passou por tópicos como MC Hammer, os Dez Mandamentos e maquiagem. Um dos assuntos foi o susto que Richard teve com sua saúde semana passada.

Entrevista: Little Richard anuncia aposentadoria.

"Uma noite dessas, eu não sabia, mas estava tendo um infarto”, admitiu ele para o público, falando sobre o ocorrido. “Eu estava tossindo e meu braço direito estava doendo. Pedi para que meu filho resfriasse o quarto e ele aumentou o ar condicionado. Tomei uma Aspirina e o médico disse que isso salvou a minha vida. Jesus tinha algo para mim. Ele me ajudou a superar”.

Tendo acabado de conhecer Richard, Green, que geralmente é verborrágico, parecia deslumbrado com a presença do lendário músico. “Eu queria usar algo maravilhoso para ter certeza de que ia me notar”, disse ele de dentro de seu longo caftan amarelo canário.

Os dois músicos se aproximaram falando sobre uma paixão em comum, a comida típica do sul dos Estados Unidos, sendo que Richard relembrou os pratos que comia quando era criança. Mais para o fim da noite, o músico ficou filosófico: “Deus falou comigo outro dia. Ele disse que está quase pronto para voltar. O mundo está quase chegando ao fim. E Ele virá, encoberto de chamas e fogo, com um arco-íris cercando seu trono.” Algumas de suas profecias apocalípticas provocaram reação da plateia e de Cee Lo, mas Richard parecia teimoso e sincero no que dizia. "Quando falo com vocês sobre Deus, não estou brincado”, disse. “Tenho quase 81 anos. Sem Deus, eu não estaria aqui”.