Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Direitos autorais

Kat Von D é processada por tatuar retrato de Miles Davis em amiga

A tatuadora está sendo acusada de tatuar a famosa foto em um amigo sem o devido crédito ou compensação ao fotógrafo

Kat Von D (Foto: Vivien Killilea/Getty Images for Kat von D Beauty)
Kat Von D (Foto: Vivien Killilea/Getty Images for Kat von D Beauty)

Kat Von D, famosa tatuadora e personalidade da mídia, teve que comparecer a um tribunal federal na cidade de Los Angeles. A artista foi se defender de um processo por violação de direitos autorais. Ela fez uma tatuagem a de um retrato do trompetista e compositor Miles Davis, mas não creditou ou compensou o responsável pela foto, Jeffrey Sedlik

Durante a audiência, o advogado da estrela dos reality shows LA Ink (2007) e Miami Ink (2005), disse que usou a famosa foto para “inspiração” enquanto ela criava um trabalho “completamente diferente” no braço de sua amiga. Ele ainda disse que a tatuadora não cobrou pelo trabalho, que foi feito há sete anos.

+++LEIA MAIS: Mulher faz tatuagem de cena do cemitério de Saltburn: 'Uma bela representação da dor'

A foto de 1989, feita por Sedlik, mostra Davis olhando diretamente para as lentes da câmera enquanto leva um dedo aos lábios, no que o fotógrafo descreveu na terça-feira como um gesto “shhh”. Foi publicada pela primeira vez na capa da revista JAZZIZ em agosto de 1989 e registrado no United States Copyright Office em 1994.

“Vocês verão que há muitas diferenças”, disse o advogado de Von D, Allen B. Grodsky, durante a defesa. Ele apontou “diferenças na posição e formato das sombras, diferença no uso da luz, diferença no penteado, diferenças no formato e na representação dos olhos”. Ele disse aina que a tatuage não tinha jaqueta nem fundo preto. “A interpretação de Miles Davis feita por Kat Von D tinha um sentimento mais melancólico do que o do Sr. Sedlik”, argumentou seu advogado. “E você verá que tem movimento que não é encontrado no dele. Kat Von D não tentou monetizar a tatuagem de forma alguma. Ela não fez fotos das gravuras que vendeu. Ela não vendia camisetas ou canecas. Ela não vendia produtos de forma alguma.”

+++LEIA MAIS: A veterana banda de metal onde nenhum integrante tem tatuagem

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!