Kim Kardashian é rendida e sofre assalto à mão armada em Paris

Incidente levou Kanye West, marido da celebridade, a interromper o show dele em um festival no domingo, 2

Rolling Stone EUA Publicado em 03/10/2016, às 12h02 - Atualizado às 12h51

Kim Kardashian

Ver Galeria
(3 imagens)

A polícia francesa liberou mais detalhes a respeito do assalto à mão armada sofrido por Kim Kardashian em Paris, o incidente que forçou Kanye West a interromper o show dele em um festival no domingo, 2. Ladrões supostamente roubaram mais de 10 milhões de euros em joias, incluindo uma aliança de 4,5 milhões de euros, segundo a NBC News.

De acordo com fontes da polícia, cinco indivíduos usando máscaras de ski e vestidos como policiais entraram no Hotel de Pourtales, um hotel discreto e “sem endereço” frequentado por celebridades. Os homens armados dominaram o concierge e roubaram as chaves dele, entrando assim no quarto de Kim Kardashian.

LEIA TAMBÉM

[Lista] 20 momentos de Kim Kardashian na cultura pop

Entenda a polêmica com “Famous”, Kanye West, Taylor Swift e Kim Kardashian

Polêmico, vídeo de “Famous” já foi divulgado online

Dois dos homens armados invadiram o quarto de Kim, apontaram a arma para a cabeça dela e exigiram as joias dela. Depois de pegarem uma caixa com aproximadamente 6 milhões de euros em joias e a aliança de Kardashian, os homens mascarados amarraram-na com fita adesiva e a deixaram trancada no banheiro, segundo a Reuters.

Não está claro se os dois filhos de Kim, North e Saint, estavam na suíte na hora do assalto, mas o site da People afirma que as crianças não estavam envolvidas. Depois de falar com os investigadores, Kim – que estava “muito abatida mas fisicamente ilesa”, segundo o publicitário da socialite em pronunciamento no domingo – abordou um avião particular no aeroporto Le Bourget e deixou Paris.

Kim Kardashian estava na capital francesa, que tem visto um aumento abrupto de assaltos de joias de luxo nos meses mais recentes, para a Paris Fashion Week. Após o incidente, a prefeita de Paris, Anne Hidalgo, postou em francês em seu perfil no Twitter: “Eu condeno a agressão sofrida ontem por Kim Kardashian em Paris e eu quero dizer a ela que ela sempre será bem vinda em Paris”. A mensagem iniciou uma declaração mais longa a respeito de assaltos à mão armada de grandes proporções, que acontece enquanto o turismo na cidade francesa anda em baixa após o ataque terrorista de novembro do ano passado.

Kanye West interrompeu o show dele no domingo, atração principal do The Meadows Festival em Nova York, Estados Unidos, logo após saber do acontecido. “Me desculpe, há uma emergência familiar, eu preciso parar o show”, Kanye West disse à plateia.