Lady Gaga confirma apresentação no intervalo do Super Bowl 2017

Cantora fará a prestigiada performance três meses depois do lançamento do próximo disco dela, Joanne

Redação Publicado em 30/09/2016, às 11h58 - Atualizado às 12h04

A cantora norte-americana Lady Gaga

Ver Galeria
(2 imagens)

A cantora Lady Gaga confirmou que será a atração do show no intervalo do próximo Super Bowl, a final do campeonato de futebol americano. A 51ª edição do evento está marcada para acontecer no NRG Stadium, em Houston, no Texas (EUA), em 5 de fevereiro de 2017.

LEIA TAMBÉM

[Super Bowl 2016] Beyoncé roubou a cena no show deste ano

[Lista] Dez apresentações memoráveis do intervalo do Super Bowl

Lady Gaga cantou hino na abertura do Super Bowl 2016

“Não é uma ilusão”, tuitou a cantora, fazendo alusão ao single recente dela, “Perfect Illusion”. “Os rumores são verdadeiros. Ano que vem o Super Bowl será Gaga!”. A performance dela no intervalo da final de 2017 acontecerá três meses depois de ela lançar um novo disco, Joanne, que sairá em 21 de outubro.

Veja o tuíte abaixo.

Este ano, o Coldplay recebeu Beyoncé e Bruno Mars para a cobiçada performance entre o segundo e o terceiro períodos do jogo mais importante da temporada da NFL. Recentemente, nomes como Madonna, Red Hot Chili Peppers, The Who, Katy Perry, Black Eyed Peas, entre outros, subiram ao palco do Super Bowl.

Será a primeira vez de Lady Gaga no intervalo do jogo. A cantora, contudo, já cantou o hino nacional dos Estados Unidos na abertura do Super Bowl, este ano, antes de Coldplay, Beyoncé e Bruno Mars assumirem, horas depois. Em show recente, a cantora Adele disse que recusou uma oferta para cantar no próximo Super Bowl.

Lady Gaga vai lançar o próximo disco dela, Joanne, no dia 21 de outubro. A cantora recentemente revelou que Joanne era o nome da tia dela, que morreu de lúpus aos 19 anos, arrasando toda a família do pai da artista (o nome do meio da cantora é Joanne). Abaixo, veja a capa do álbum.

As 11 faixas do novo trabalho incluem uma chamada “John Wayne”, que traz Josh Homme na guitarra e explora “minha necessidade incessante de correr atrás de homens selvagens e como eu acabo ficando de saco cheio do velho John de sempre”. Enquanto isso, “Sinner's Prayer” conta com Father John Misty e Gaga disse que “essa música é sobre cantar para um homem e simplesmente dizer a ele ‘Olha, eu não quero partir o coração de nenhum outro cara que não seja você, mas eu sei que sou uma pecadora’.”

Lady Gaga divulgou este mês o primeiro single de Joanne, “Perfect Illusion”, que ela coproduziu com Mark Ronson, Kevin Parker (Tame Impala) e BloodPop (antes conhecido como Blood Diamonds). A faixa foi bastante comentada no Brasil porque a letra lembrou muita gente do pagode “Cilada”, do Molejo (leia mais aqui).

Embora Joanne seja o primeiro disco solo de Lady Gaga desde Artpop, ele vem depois do álbum de 2014 Cheek to Cheek, no qual a cantora faz duetos com Tony Bennett. Entre os dois projetos, ela se dedicou à atuação, tendo vencido o Globo de Ouro pela performance em American Horror Story.