Laura Jane Grace, da banda banda Against Me!, critica novo clipe do Arcade Fire

“Talvez vocês devessem colocar um ator realmente ‘trans’ ao fazer um vídeo de uma música intitulada ‘We Exist’", escreveu a vocalista, que é transgênera

Rolling Stone EUA Publicado em 24/05/2014, às 12h52

.
Reprodução/Facebook

A vocalista da banda Against Me!, Laura Jane Grace, que é transgênera, criticou a escolha de elenco do clipe “We Exist”, do Arcade Fire, que conta com Andrew Garfield, protagonista de O Espetacular Homem-Aranha, vestido com roupas femininas e sendo agredido por bêbados em um bar.

Laura Jane Grace, cantora do Against Me!, fala sobre o primeiro ano como mulher.

“Querido Arcade Fire”, escreveu no Twitter. “Talvez vocês devessem colocar um ator realmente ‘trans’ ao fazer um vídeo de uma música intitulada ‘We Exist’ [Nós existimos], em vez de colocar o Homem-Aranha.”

Win Butler, frontman do Arcade Fire, descreveu a música como sendo sobre “uma criança gay conversando com o pai dela” e a atitude de assumir sua sexualidade. Durante o festival Coachella, ele introduziu a música dizendo: “O direito de casar com quem você quiser é um problema que envolve direitos humanos”.

O último álbum do Against Me!, Transgender Dysphoria Blues, contém uma série de músicas sobre identidade de gênero. "True Trans Soul Rebel" confronta o medo que uma pessoa sente quando se assume transgênero, algo que Laura vez em 2011 por meio de uma entrevista publicada na Rolling Stone EUA.

Assista ao clipe de “We Exist”: