Legião Urbana pode voltar com Toni Platão nos vocais

Banda, paralisada desde a morte de Renato Russo, em 1996, será atração surpresa do Porão do Rock, segundo revista

Da redação Publicado em 17/09/2009, às 13h52

Há 13 anos fora de atividade - desde a morte do vocalista e principal compositor, Renato Russo -, o Legião Urbana prepara volta aos palcos. Para substituir Russo, o guitarrista Dado Villa-Lobos e o baterista Marcelo Bonfá convidaram Toni Platão, ex-vocalista da Hojerizah, também proveniente da cena roqueira dos anos 80.

E o primeiro show já se avizinha: será neste domingo, 20, por volta das 21h, como "atração surpresa" do festival Porão do Rock, em Brasília, terra natal da banda. Depois, eles planejam se apresentar em outras capitais.

Quem afiança é Lauro Jardim, em sua coluna na revista Veja, após rumores sobre o possível retorno do grupo ganharem força nos últimos dias.

Além de Platão, os integrantes remanescentes do Legião Urbana teriam chamado outros expoentes do rock ointentista para participar de algumas músicas. São eles Herbert Vianna (Paralamas do Sucesso), Philippe Seabra (Peble Rude), Roberto Frejat (ex-Barão Vermelho) e Dinho Ouro Preto (Capital Inicial). Tanto o Paralamas como o Peble já constavam no line-up do Porão do Rock.

No site oficial da Legião, lançado no início do mês, a EMI não desmente os boatos sobre "possibilidades de fazer uma única e exclusiva turnê com shows em grandes cidades do país, tocando músicas do Legião com diferentes cantores convidados a cada cidade". Mas também não deu certeza. "Não existe nenhuma confirmação, nem tampouco projeto fechado a este respeito."

No comunicado, datado de 5 de setembro, também há a ressalva: "Todos os envolvidos deixam claro que não será uma volta da banda Legião Urbana e que não há possibilidade alguma de alguém substituir Renato Russo, único como pessoa e como artista".

Dado e Bonfá já tocaram repertório da antiga banda - em dezembro, eles integraram tributo ao Legião da cidade uruguaia Montevidéu, ao lado de bandas do país. Se o show em Brasília se confirmar será, contudo, a estreia sob o nome Legião Urbana desde a morte de Russo, morto em 11 de outubro de 1996, após perder batalha para aids. Os membros restantes anunciaram fim da linha para o Legião poucos dias após a morte. O último show da banda aconteceu em janeiro do ano anterior, em Santos.