Marcelo Campos lança livro de tiras

Brasileiro que desenhou a Liga da Justiça se diz satisfeito só agora, com coletânea de tiras publicadas em seu blog; leia também matéria sobre o quadrinista Lourenço Mutarelli que foi publicada em nossa edição 06

Por Artur Tavares Publicado em 29/10/2007, às 15h35

Uma das tiras da coletânea Talvez Isso, de Campos
Reprodução/Talvez Isso

Acontece nesta sexta-feira, 26, a partir das 19h, na Fnac Pinheiros, em SP, o lançamento do livro de tiras Talvez Isso, do quadrinista Marcelo Campos. A publicação é da editora Casa XXI.

O livro é uma coletânea de 70 tiras publicadas entre novembro de 2006 e junho de 2007 no blog do autor, que pode ser conferido aqui. Campos estará no local autografando o livro e conversando com os fãs.

Marcelo Campos foi o primeiro brasileiro a entrar no mercado de quadrinhos estadunidense, em 1989. Começou em pequenas editoras - hoje extintas -, como a Malibu e a Inovation. Com o passar dos anos, foi contratado pela DC Comics para fazer a Liga da Justiça, título em que trabalhou por três anos.

Apesar do status internacional, só agora Campos está contente: "Achava meus desenhos horríveis. Eu não tenho nada do que eu publiquei nesses anos todos, não guardei nenhuma revista. Pra mim aquilo não tem nada a ver comigo".