Miley Cyrus rebate críticas de Sinead O'Connor e compara cantora a Amanda Bynes

Ex-Hannah Montana ainda lembrou de quando a cantora irlandesa rasgou imagem do papa João Paulo II

Redação Publicado em 03/10/2013, às 14h48 - Atualizado às 15h25

Miley Cyrus
Al Powers / AP

Miley Cyrus parece ter ficado incomodada ao ser criticada por Sinead O'Connor em carta aberta publicada pelo jornal britânico The Guardian. No Twitter, a ex-Hanna Montana comparou a cantora irlandesa à atriz Amanda Bynes e lembrou de quando ela rasgou uma foto do Papa.

A evolução de Miley Cyrus: de menina da Disney a garota selvagem.

“A indústria não liga para você, ou para qualquer uma de nós”, escreveu Sinead a Miley. “Eles vão prostituí-la por tudo que você vale e facilmente vão fazer você pensar que isso era o que você queria. E quando você acabar em uma clínica de reabilitação por ter sido prostituída, 'eles' estarão em seus iates em Antígua, que compraram com a venda de seu corpo, e você vai se sentir muito sozinha.”

Febre teen: os 25 momentos mais explosivos de ídolos adolescentes.

“Antes de Amanda Bynes teve...”, respondeu Miley, lembrando do episódio em que Sinead, em janeiro do ano passado, tuitou que precisava “urgentemente” de um psiquiatra em Dublin. A cantora de “Wrecking Ball” também tuitou uma imagem do polêmico episódio do Saturday Night Live, em 1992, quando Sinead rasgou uma imagem do papa João Paulo II.