Morre Andraé Crouch, lenda do gospel norte-americano

Aos 72 anos, o músico havia sido hospitalizado após sofrer um ataque cardíaco

Redação Publicado em 09/01/2015, às 19h01 - Atualizado às 19h01

Andraé Crouch.
Divulgação/Facebook

O cantor de gospel Andraé Crouch morreu nesta quinta-feira, 8, aos 72 anos. O compositor norte-americano foi hospitalizado no último sábado, 3, após sofrer um ataque cardíaco. As informações foram divulgadas pelo agente do músico através de um comunicado oficial.

80 anos de Elvis Presley: o retorno e o fim.

Crouch é considerado um dos principais nomes do gênero gospel. Ganhador de sete prêmios Grammy, ele morreu no Northridge Hospital Medical Center de Los Angeles, em decorrência de complicações do quadro causado pelo infarto.

Morre Ray McFall, dono de famoso clube britânico onde os Beatles começaram.

A importância de Crouch para a música pode ser medida pelas colaborações dele com artistas como Michael Jackson, Madonna, Stevie Wonder, Chaka Khan, Elton John, Quincy Jones e Diana Ross. Além disso, alguns temas do compositor foram gravados por Elvis Presley e Paul Simon.

Devoção Acústica.

O cantor, que participou da trilha de O Rei Leão, da Disney, em 1994, foi indicado ao Oscar pelo trabalho como compositor na trilha sonora do filme A Cor Púrpura, lançado em 1985.

A irmã do músico, Sandra Crouch, em comunicado, lamentou o acontecido: "Hoje, meu irmão gêmeo e melhor amigo se foi para estar com o Senhor. Por favor, orem por mim, pela minha família e pela nossa igreja".

Além da Disco.

Andraé Crouch nasceu em São Francisco e começou a carreira como pianista na pequena igreja do pai dele. Demonstrando muito talento, o menino prodígio assumiu o instrumento em apenas três semanas.