Morre Garry Shider

Guitarrista do Parliament/Funkadelic tinha 56 anos e sofria de câncer no cérebro e no pulmão

Da redação Publicado em 17/06/2010, às 18h16

O guitarrista do Parliament/Funkadelic morreu nesta quarta, 16
Reprodução/MySpace

Garry Shider, lendário integrante dos coletivos Parliament e Funkadelic, morreu nesta quarta, 16, por conta de complicações decorrentes de câncer no cérebro e no pulmão.

No dia 25 de março deste ano, Shider foi encaminhado a um hospital em Maryland, onde ele morava, após sofrer o que, a princípio, parecia ser um derrame. Ele logo foi diagnosticado com câncer. Um grupo formado pela família, amigos e fãs criou o Garry Shider Medical Fund, visando arrecadar a verba necessária para cobrir as despesas do tratamento médico do guitarrista, por meio de shows beneficentes. Um dos eventos estava agendado para o dia 10 de julho, em Bloomfield, Nova Jersey, e contaria com o Living Colour e o tecladista Bernie Worrell, companheiro de Shider no Parliament e no Funkadelic.

"Nos últimos quatro meses, Garry lutou todos os dias contra a doença, para que pudesse fazer o que mais amava, que era retornar aos palcos", escreveu um dos membros do Garry Shider Medical Fund, no site da equipe. No comunicado, ainda consta um agradecimento às pessoas envolvidas na Sweet Relief, uma instituição de caridade que auxilia financeiramente músicos com problemas de saúde.

Conhecido pelos fãs como Star Child e Diaper Man - este último por ter o costume de se apresentar nos shows usando uma fralda -, o ex-membro da banda de funk United Soul integrou o Funkadelic no clássico álbum Maggot Brain, de 1971, e o Parliament em Up for the Down Stroke, de 1974. O guitarrista é detentor dos créditos da maioria das composições de ambas as bandas lideradas por George Clinton. "Obrigado, Garry, por tudo que você fez. Para sempre botando para foder", escreveu Clinton, em seu site oficial.

Sob o comando de George Clinton, o Parliament e o Funkadelic eram duas bandas - de mesmos membros - que mesclavam funk e rock, fazendo muito sucesso nos anos 70 e originando o termo P-Funk (relacionado à maneira particular como tocavam). Até a doença ter sido diagnosticada, Shider era um dos integrantes da formação original que ainda tocava no grupo. O guitarrista tinha 56 anos.