Morre o produtor musical Luiz Carlos Miele, aos 77 anos

Diretor de importantes espetáculos da cena artística brasileira sofreu um mal súbito no Rio de Janeiro

Lucas Borges Publicado em 14/10/2015, às 10h39 - Atualizado às 14h46

Luiz Carlos Miele e João Bosco
Reprodução/Facebook

Morreu nesta quarta-feira, 14, no Rio de Janeiro, o diretor e produtor musical Luiz Carlos D'Ugo Miele, aos 77 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do artista. Ele foi achado morto no apartamento em que morava na Zona Sul do Rio de Janeiro, possivelmente, vítima de um enfarto fulminante. O velório acontecerá a partir das 19h desta quarta, na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, e o enterro, às 16h desta quinta, 15, no Cemitério do Caju.

Veja lista de livros que contam a história da música brasileira.

Miele esteve diretamente envolvido com a explosão da Bossa Nova nos anos 1950 e dirigiu espetáculos com os principais artistas nacionais nas décadas subsequentes. Em maio deste ano, ele apresentou o espetáculo Elis 70 anos., reunindo lendas da MPB em homenagem a Elis Regina.

O paulistano atuou no rádio desde os 12 anos como ator em uma emissora em São Vicente (SP), informa o Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Ele iniciou a carreira profissional como locutor das rádios Excelsior, Tupi e Nacional.

Veja dez dos 100 maiores momentos da música brasileira, listados na nossa edição 100 da Rolling Stone.

Miele mudou-se para o Rio de Janeiro em 1959 e conheceu o compositor Ronaldo Bôscoli, com quem formou a dupla Miele & Bôscoli, atuando em espetáculos e programas musicais em emissoras de televisão.

Com paixão e intensidade, Elis Regina mudou a face da música brasileira.

Passaram pelas mãos do produtor, entre outros, Wilson Simonal, Elis Regina, Roberto Carlos, Sérgio Mendes, Sarah Vaughan, Milton Nascimento, Marcos Valle, Alcione, Agnaldo Timóteo, Joanna e Ângela Maria.

10 documentários nacionais para celebrar o rock and roll em frente à TV.

Miele ainda esteve envolvido com os programas O Fino da Bossa, Show em Simonal e Elis Especial, na TV Record, Fantástico e Praça da Alegria, na TV Globo, e recentemente, em Coquetel, no SBT, e Escolinha do Barulho, na TV Record.