Morre Roberto Talma, diretor da Globo, aos 65 anos

Responsável por projetos como Anos Dourados e Saramandaia, ele estava internado no Rio de Janeiro

Redação Publicado em 23/04/2015, às 10h15 - Atualizado às 12h57

Roberto Talma
Reprodução/Vídeo

Morreu nesta quinta-feira, 23, o diretor da Rede Globo, Roberto Talma. Aos 65 anos, ele estava internado no Hospital Samaritano, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro. De acordo com nota divulgado pela Central Globo de Comunicação, Talma sofria de insuficiência renal crônica e doença arterial coronariana.

Derrotado no Oscar, documentário sobre Sebastião Salgado leva o prêmio César.

A última internação do diretor foi em 2012, em São Paulo, quando teve de realizar uma angioplastia para colocação de stents (espécie de mola que dilata artéria que irriga o coração). Talma também sofreu um infarto em 2002, quando foi internado em uma clínica no bairro de Botafogo.

No Salão do Livro de Paris, quadrinistas refletem sobre a importância do evento para o mercado brasileiro.

Responsável por projetos como Saramandaia, Anos Dourados e Água Viva, o diretor foi premiado com um Emmy pelo remake da novela O Astro, em 2011. Recentemente, trabalhou como diretor de núcleo da refilmagem de Gabriela, no ano de 2012.

Na emissora desde 1969, Talma também foi coordenador de programação na TV Rio e trabalhou na extinta TV Tupi.