No Twitter, Liam Gallagher diz “dane-se o Oasis” e chama Noel de “batata”

Banda britânica se separou em 2009, depois que o guitarrista deixou o grupo

Rolling Stone EUA Publicado em 25/05/2016, às 13h32 - Atualizado às 13h43

Galeria - Oasis - Morning Glory - fuga
John Marshall/AP

Aparentemente, a tão sonhada reunião do Oasis não vai acontecer tão cedo. Esta semana, os irmãos Gallagher protagonizaram mais um momento de rejeição em público, com o mais o novo deles, Liam, tomando o Twitter para soltar xingamentos e até uma expressão curiosa.

Primeiro, o ex-vocalista do Oasis tuitou uma foto em baixa qualidade do irmão, Noel, dando risadas, e escreveu “Potato” (simplesmente “batata”, em português). Depois de uma série de tuítes desconexos, falando sobre astros do rock e uma série de bravatas, ele postou: “Foda-se o Oasis”.

Veja abaixo.

Recentemente, Noel disse em entrevistas que a volta do Oasis estava condicionada ao dinheiro: ele só toparia o retomar a banda para engordar sua conta bancária. O guitarrista, contudo, também já reiterou que tem interesse em produzir mais trabalhos com o High Flying Birds, banda que o acompanhou em dois discos solo ( e com quem ele tocou recentemente no Lollapalooza Brasil).

Noel deixou o Oasis em 2009, depois de 18 anos de grupo. “É com alguma tristeza e grande alívio que anuncio minha saída do Oasis”, ele escreveu no site do grupo há sete anos. “As pessoas vão escrever e dizer o que quiserem, mas eu simplesmente não podia continuar trabalhando com Liam nem mais um dia”. Após o racha, Liam formou o hoje já extinto Beady Eye com ex-integrantes do Oasis.

LEIA TAMBÉM

20 anos de Definitely Maybe: a estreia do Oasis faixa a faixa

[Blog] Liam canta “Wonderwall”, do Oasis, com fãs em Malta

[Lista] Noel Gallagher esteve presente na nossa lista de melhores de 2015

Se não vão se reunir nos palcos, Liam e Noel aparecerão juntos nas telas do cinema. Isto porque o documentário Supersonic, que reconta a trajetória dos ícones do britpop desde o momento em que os irmãos fundaram a primeira banda deles em 1991 até a dissolução do Oasis em 2009, já ganhou data de estreia no Reino Unido: outubro.

Quem assina a produção do documentário sobre a história tempestuosa dos irmãos Gallagher e do Oasis é Asif Kapadia, diretor do premiado Amy. Já a direção do longa fica a cargo do cineasta Mat Whitecross (que além de ter trabalhado em alguns vídeos do Coldplay, foi também responsável pelo filme O Caminho Para Guantánamo).