Pink quer pagar multa de time feminino de handebol de praia da Noruega: 'Estou orgulhosa'

Pink diz "estar muito orgulhosa" da equipe feminina de handebol por "protestar contra as regras sexistas sobre seus 'uniformes."

Redação Publicado em 26/07/2021, às 16h43

None
Pink no Palco Mundo do Rock in Rio 2019 (foto: Bléia Campos/ I Hate Flash)

A cantora Pink se ofereceu para pagar a multa aplicada na equipe feminina de handebol de praia da Noruega, devido ao uso de shorts das jogadoras em vez de biquínis durante um torneio recente.

A equipe foi multada em € 1.500 (R$ 9.160 na cotação desta segunda, 26) pela Federação Europeia de Handebol (EHF) por usar "roupas inadequadas" na semana passada, depois de competir na partida pela medalha de bronze no Campeonato Europeu de Handebol de Praia na Bulgária.

+++LEIA MAIS: Quem é Rayssa Leal, skatista de 13 anos 'tietada' por Tony Hawk e promessa das Olimpíadas de Tóquio

Em um tuíte no Instagram, Pink escreveu dizendo que "está muito orgulhosa" da equipe feminina de handebol de praia da Noruega por "protestar contra as regras muito sexistas sobre seus 'uniformes.'"

"A Federação Europeia de Handebol deve ser multada por sexismo," sugeriu a cantora, e continuou: "Bom para vocês, senhoras. Ficarei feliz em pagar suas multas." Em resposta, a equipe norueguesa escreveu agradecida: "Uau! Muito obrigado pelo apoio."

A Federação Norueguesa de Handebol também afirmou estar disposta a pagar a multa, mostrando apoio em comunicado oficial:

"Estamos muito orgulhosos dessas mulheres que durante o Campeonato da Europa levantaram as suas vozes e anunciaram que já basta. Nós da NHF apoiamos vocês. Juntos, continuaremos a lutar para mudar as regras de vestuário, de modo que as jogadoras possam jogar com as roupas que lhes convém."

+++LEIA MAIS: Rock in Rio 2019: Com o melhor show do festival, Pink faz espetáculo digno de Cirque du Soleil

As informações são do NME


+++ RS TRENDING | CONHEÇA OLIVIA RODRIGO: VIDA, RECORDES, SOUR E MAIS!