Primeiro show com distanciamento social no Reino Unido 'não foi um sucesso'

O evento contou com um público de 200 pessoas

Redação Publicado em 30/07/2020, às 19h19

None
Frank Turner (Foto: Paul Thomas/Getty Images)

O cantor Frank Turner realizou a primeira apresentação com distanciamento social no Reino Unido em um local fechado na terça, 28. O evento contou com um público adequado, no entanto, os organizadores declararam como o show "não [foi] um sucesso", segundo a BBC.

O concerto aconteceu no edifício Clapham Grand, em Londres, como parte de um programa piloto apoiado pelo governo. O local suporta 1250 pessoas, mas devido à situação, foram apenas alocadas 200.

+++ LEIA MAIS: O coronavírus e as casas de show: Como sobreviver sem saber quando voltaremos a ouvir música juntos?

Como medida de segurança, todos os indivíduos chegaram ao lugar em horários intercalados, mediram a temperatura, sentaram distantes uns dos outros e seguiram todas as recomendações da organização. Apesar disso, o show não ganhou retorno financeiro o suficiente para cobrir os custos operacionais do local - e isso foi antes da dedução da taxa do artista.

Ally Wolf, gerente do espaço, elogiou o set "ótimo" de Turner. Mesmo assim, enfatizou como a estrutura “não era um modelo financeiro no qual a indústria possa confiar remotamente para se tornar sustentável”. Ela completou: "[Esse] não pode ser o futuro da música ao vivo. Não pode ser o futuro para locais".

+++ LEIA MAIS: Shows e cinema drive-in: contamos tudo, defeitos, qualidades e ‘afinal, como funciona?’

Em declaração, Frank Turner compartilhou como o evento foi uma "noite estranha e emocional". O artista explicou como aceitou fazer o show para mostrar como "os artistas e a plateia poderiam cumprir com sucesso as restrições impostas pelos futuros poderes". No entanto, ele fez isso sabendo que havia uma chance de "essa configuração específica [não funcionaria]".

Ele completou: "Eu senti falta disso, com certeza. Acontece que a música ao vivo realmente importa".

+++ LEIA MAIS: Depois de shows, raves ganham 'versão drive-in' durante quarentena contra coronavírus

O show de Turner foi realizado antecipadamente como um piloto porque o dia 1 de agosto marca a data em que concertos em espaços fechados serão permitidos na Inglaterra.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

I wrote a blog about last night’s show, on my site now. 📷 @capturedbycorinne

Uma publicação compartilhada por Frank Turner (@frankturner) em

 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS