Rapper Chinx é morto a tiros em Nova York

O artista, que tinha 31 anos, teve o carro alvejado e foi atingido por pelo menos sete balas

Redação Publicado em 18/05/2015, às 09h34 - Atualizado às 10h37

Rapper morto em 17 de maio de 2015, em Nova York
Reprodução/Facebook

O rapper Lionel Pickens, conhecido artisticamente como Chinx, foi assassinado de maneira brutal neste domingo, 17, em Nova York. Ele foi atingido por pelo menos sete balas quando o carro que dirigia foi alvo de tiros no Queens.

Kendrick Lamar é nomeado "ícone da geração" por senador da Califórnia.

O passageiro que o acompanhava sobreviveu e está em condição estável, mas crítica. Chinx foi levado a um hospital próximo ao local do atentado, mas morreu antes de ser atendido, informou o jornal The New York Daily News.

"Eu sou de esquerda na política e no candomblé", afirma o rapper Thaíde.

O músico fazia parte do grupo Coke Boys, fundado pelo rapper marroquino French Montana. Pouco antes do ocorrido, ele havia se apresentando com o Coke Boys em uma casa de shows de Nova York.

Universidade norte-americana dá ao rapper Kanye West o título de "Doutor Honoris Causa".

Responsável por singles como “Bodies”, Chinx lançaria ainda neste ano o primeiro álbum de estúdio dele, Welcome to JFK.

Em apresentação no domingo, 17, em Manhattan, Jay Z prestou homenagem à vítima. “Um homem jovem foi morto no Queens, o nome dele é Chinx... descanse em paz, Chinx”.

Assista ao clipe de "Bodies":