Revolution Radio, do Green Day, estreia em primeiro lugar nas paradas dos EUA

Álbum é o terceiro da banda a ser o mais vendido da semana no país, depois de 21st Century Breakdown (2009) e American Idiot (2004)

Rolling Stone EUA Publicado em 17/10/2016, às 12h22 - Atualizado às 12h27

Billie Joe Armstrong comandando o Green Day em performance no programa de Jimmy Fallon

Ver Galeria
(2 imagens)

O Green Day está de volta à atividade – e de volta ao topo das paradas. O trio punk norte-americano teve o disco mais vendido da semana com o recém-lançado Revolution Radio, que teve cerca de 95 mil cópias comercializadas – incluindo vendas equivalentes em streaming – nos primeiros dias.

Com o resultado, o Green Day retorna ao topo depois de mais de sete anos, quando o álbum 21st Century Breakdown foi lançado, em 2009. Antes disso, a banda só havia conseguido a façanha com o LP American Idiot (2004). Revolution Radio é também o décimo disco do Green Day a ficar entre os dez mais vendidos.

LEIA TAMBÉM

[Lista] Os 40 Maiores Álbuns Punk de Todos os Tempos

Lembre como foi a entrada do Green Day no Hall da Fama do Rock and Roll, em 2015

Green Day mergulha na violência e no caos dos EUA em Revolution Radio

Revolution Radio saiu em 7 de outubro como um apanhado de músicas sobre o estado caótico dos Estados Unidos em 2016. Não é um álbum conceitual político como American Idiot – também há faixas mais pessoais, como “Ordinary World”, uma balada doce que encerra o disco –, mas a maioria das músicas aborda questões sociais prementes.

Revolution Radio é o primeiro álbum do Green Day desde que Armstrong passou por uma reabilitação, em 2012 (dois anos depois da última visita da banda ao Brasil), devido ao vício em álcool e em remédios controlados, o que forçou o grupo a adiar dezenas de shows para promover seu trio de discos lançado no mesmo ano, ¡Uno!, ¡Dos! e ¡Tré!.