Rihanna é acusada de apropriação cultural por desfile Savage x Fenty; entenda

Perfis criticam Rihanna após o desfile Savage x Fenty apresentar modelos brancas com tranças usadas tradicionalmente por mulheres pretas

Redação Publicado em 29/09/2021, às 12h25

None
Rihanna (Foto: Tim P. Whitby/Getty Images)

O terceiro desfile Savage X Fenty, que apresenta a coleção da grife de lingerie de Rihanna, estreou no Amazon Prime Video na sexta, 24 de setembro. Desde o lançamento no streaming, contudo, a cantora é alvo de acusações de apropriação cultural.

Segundo informações do site Independent, as críticas são, principalmente, relacionadas ao fato do desfile apresentar modelos brancas com tranças tradicionalmente usadas por mulheres pretas.

+++LEIA MAIS: Rihanna desiste do processo contra pai, Ronald Fenty; entenda

Diversas celebridades participaram do desfile elaborado por Rihanna, como a atriz e cantora Vanessa Hudgens e a modelo Emily Ratajkowski. Ambas escolherem usar tranças para o desfile e receberam diversas críticas nas redes sociais.

No Twitter, o perfil de Dylan Ali, por exemplo, criticou, em tom irônico, a escolhe de penteado das modelos no desfile: “Amei o show da Fenty, mas acho que precisamos de um alerta de gatilho para ver tantas mulheres brancas em tranças.”

+++LEIA MAIS: Lady Gaga, Rihanna, Miley Cyrus e mais: 7 icônicas cantoras pop que estrelaram filmes [LISTA]

Em entrevista ao The Guardian, St Clair Detrick-Jules, autora do livro My Beautiful Black Hair, também comentou a polêmica envolvendo o desfile, e criticou a falta de entendimento sobre a profundidade da relação ente as mulheres negras e seus cabelos:

“Para os produtores do desfile de Rihanna, os modelos brancos com tranças negras são uma sensação exaustiva. Temos feito alguns progressos na educação de mulheres não negras sobre a profundidade de nossas conexões com nossos cabelos — mas aqui vêm os produtores deliberadamente ignorando todas as informações facilmente acessíveis online explicando o que é apropriação cultural e por que é prejudicial,” comentou.

+++LEIA MAIS: Rihanna bilionária: Com sucesso de Fenty, artista se torna a cantora mais rica do mundo

Não é a primeira vez que Rihanna é acusada de apropriação e desrespeito cultural pelo desfile Savage x Fenty. Em 2020, a artista se desculpou por usar uma música típica da religião muçulmana do show de lingerie.