Pulse

Robert Smith, do The Cure, diz que voltou a dar autógrafos depois de virar meme

Resposta curta e grossa do músico em entrevista viralizou na internet

Redação Publicado em 07/05/2019, às 15h17

None
Robert Smith (Foto:KGC-138/STAR MAX/IPx)

Robert Smith ficou chocado ao receber um pedido de autógrafo de seu taxista esta semana. No auge do The Cure, lá nos anos 1980, isso era comum, mas há tempos não acontecia mais.

A popularidade renovada veio de uma entrevista dada por Smith durante a cerimônia do Rock and Roll Hall of Fame no final de março. No tapete vermelho, a jornalista Carrie Keagan perguntou ao músico se ele estava tão animada quanto ela para a premiação. “Pelo que parece, não”, respondeu ele. O vídeo do momento viralizou na internet, para surpresa do astro.

“Eu estava em um estúdio em Londres e pessoas que conheço há mais de 25 anos vieram me pedir selfies! Eu pensei ‘o que está acontecendo?’ Motoristas de táxi me pediram autógrafos - eu não dava autógrafos pra taxistas há mais de 30 anos! Tudo foi bem absurdo. Foi como se eu entrasse em algo meio Além da Imaginação por umas 48 horas, foi totalmente bizarro”, relatou em entrevista  à rádio Syrius XM.

+++ The Cure transmite ao vivo o show de 30 anos do disco Disintegration 

Só depois Smith entendeu o que tinha acontecido. “Eu não entendo o significado de ‘viralizar’, porque [não uso tecnologia]. [...] Alguém me mostrou [o vídeo] no aeroporto, dizendo que milhares de pessoas estavam assistindo. Dá para ver que faço uma pequena pausa para pensar em algo que não fosse nem um pouco ofensivo e fosse neutro… E saiu isso.”

“Me fez rir bastante, porque neste momento entramos para o Rock and Roll Hall of Fame, e de tudo que fizemos, e tudo que estamos celebrando, essa é a única coisa que as pessoas estão falando”, comentou.

Além de ter entrado no Hall da Fama, o The Cure está gravando um novo disco classificado como "sombrio e incrivelmente intenso" por Smith. Mas, infelizmente, é provável que esse seja o último trabalho da banda. O último lançamento da banda britânica foi em 2008, com o LP 4:13 Dream.

+++ The Cure garante que novo disco será épico 

Assista à entrevista com Robert Smith:

 

+++ Cheia de amor, Cynthia Luz se posiciona como dona da voz (rouca) em ascensão do pop e R&B nacional