Roberto Carlos retoma decisão de não relançar Louco Por Você

"Ainda não é o momento", disse o cantor sobre disco renegado em entrevista coletiva no último domingo, 5

Redação Publicado em 06/02/2012, às 13h10 - Atualizado às 13h38

Roberto Carlos
Greg Salibiani

Roberto Carlos anunciou que não pretende disponibilizar Louco Por Você (1961) ao público tão cedo. A declaração vem após a notícia de que ele teria mudado de ideia e liberaria seu primeiro disco da carreira para venda no iTunes. Em entrevista coletiva realizada durante o cruzeiro Emoções em Alto Mar, no Rio de Janeiro, no último domingo, 5, o Rei foi claro: "Ainda não é o momento". As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

Como justificativa para não relançar o disco, Roberto Carlos disse que a fidelidade do som de Louco Por Você é incompatível com os tempos atuais, preferindo esperar um "avanço da tecnologia" para remasterizá-lo. No entanto, vale ressaltar que todos os discos do Rei produzidos nos anos 60 foram remasterizados recentemente e incluídos no box Pra Sempre: Década de 60, com exceção de Louco Por Você.

Procurada pela Rolling Stone Brasil, a gravadora Sony Music, responsável pela distribuição do material, deu seu parecer a respeito da situação. "A palavra do Roberto é a que conta. A situação da distribuição do disco pela iTunes Store foi um equívoco, e já foi resolvido", informou a assessoria.

Segundo informações da revista Veja na semana passada, Roberto teria desistido de retirar o álbum do catálogo da iTunes Store, decisão que havia sido tomada após o disco ter sido disponibilizado para compra junto a álbuns como Em Ritmo de Aventura (1967) e O Inimitável (1968). O trabalho é renegado pelo cantor, mas seria remixado antes de voltar a ser vendido.

Oficialmente, Roberto Carlos nunca se posicionou favorável ao veto de Louco Por Você. No entanto, muito se fala a respeito dos motivos que levam o cantor a questionar a qualidade do trabalho, como a canção "Não É Por Mim", escrita por Fernando César e Carlos Imperial, que dá a entender que o cantor não acredita na existência de Deus - algo que é contrário à religião de Roberto, católico fervoroso e autor de canções como "Nossa Senhora" e "Jesus Cristo".

A produção de Imperial, com quem Roberto brigou depois das gravações, e a baixa qualidade do som também seriam alguns dos motivos que incomodam Roberto Carlos. Além de tudo, Louco Por Você é o único disco de toda a carreira do Rei que não traz uma foto sua na capa, dando preferência a uma foto de um casal apaixonado. A contracapa traz ainda um erro: diz que ele nasceu no Rio de Janeiro, quando na verdade nasceu no Espírito Santo.

As cópias em vinil de Louco Por Você, dependendo do estado de conservação, podem chegar ao valor de R$ 3 mil.