Pulse

Rolling Stones são criticados por cobrar R$ 96 mil em ingresso de meet and greet

Apesar do valor salgado, a ação é por uma boa causa, já que o valor será doado para caridade

Redação Publicado em 02/04/2019, às 20h15

None
Mick Jagger (Foto: Markus Schreiber/AP)

E aí, você que sempre quis conhecer os Rolling Stones e por acaso tem R$ 96 mil sobrando: chegou sua grande chance!

No Filter, nova turnê dos Stones, virou chacota ao colocar à venda ingressos no valor de US$ 35 mil. O pacote oferece duas entradas premium para um show da turnê, entrada prioritária, recepção pré-show, meet & greet com a banda, foto com os integrantes, e uma sacola de produtos do Rolling Stones.

Eddie Trunk, apresentador do That Metal Showdo VH1, não gostou dos termos de uso que especificam, entre outros, o fato a compra não incluir mapa de assentos, a exigência de uma triagem antes do meet & greet, e garantia de apenas 15 a 90 segundos para cada grupo na presença da banda. E, claro, não há possibilidade de reembolso.

“Assim, eu entendo que você não quer um lunático pulando no colo do Mick Jagger, mas você vai segurá-lo e fazer um check up? Quer dizer, quais são os indicativos que não deixariam você entrar?”, perguntou. Seu convidado disse que os parâmetros para barrar as pessoas provavelmente fariam os próprios Stones serem barrados. “Exatamente! Se você foi pego com maconha em 1979, você não pode entrar! Não faz sentido!”, respondeu Trunk.

Apesar dos preços exorbitantes, todo o valor do meet & greet será convertido para a caridade.