Ronnie Wood confirma que Rolling Stones estão trabalhando em novo disco

“Fomos lá para gravar algumas músicas novas e fizemos isso. Mas entramos numa série de blues. Gravamos 11 faixas de blues em dois dias”, disse o guitarrista

Rolling Stone EUA Publicado em 06/04/2016, às 11h08 - Atualizado às 11h21

Os Rolling Stones na estreia da exposição do grupo, Exhibitionism, no Saatchi Gallery, em Londres, em 2016

Ver Galeria
(4 imagens)

O guitarrista dos Rolling Stones, Ronnie Wood, confirmou que as lendas do rock – que acabaram de passar pela América do Sul e fazer um show histórico em Cuba – estão agora focando em gravar um sucessor para o disco A Bigger Bang (2005).

Em entrevista à Associated Press, Wood revelou que o quarteto recentemente passou alguns dias em estúdio, onde gravaram algumas novas faixas originais e pouco menos de uma dúzia de covers de músicas de blues.

“Fomos lá para gravar algumas músicas novas e fizemos isso”, disse Wood. “Mas entramos numa série de blues. Gravamos 11 faixas de blues em dois dias. São versões extremamente boas de Howlin' Wolf e Little Walter, entre outros blueseiros. Mas elas realmente soam autênticas.”

Na mesma entrevista, Wood ainda acrescentou: “Quando ouvimos as faixas gravadas, depois de passar uns dois meses sem ter contato com elas, nós ficamos tipo: ‘Quem está tocando? É você’. Aquilo soou muito autêntico.”

Wood disse que o álbum poderia sair ainda “este ano”. O guitarrista fez os comentários sobre o possível novo disco dos Stones na exposição Exhibitionism, que o grupo está promovendo no Saatchi Gallery, em Londres.

Também foram ao evento os outros integrantes da banda (foto acima), Mick Jagger, Charlie Watts e Keith Richards, mas nenhum deles comentou com alguma atenção os detalhes do novo álbum. “Há um [disco] chegando”, admitiu Richards. “Não posso falar mais nada. Meus lábios estão selados.”

Os Rolling Stones recentemente fizeram uma excursão de quatro shows pelo Brasil. Eles tocaram no Rio de Janeiro, no sábado, 20 de fevereiro, e em São Paulo, primeiro na quarta, 24, e depois no sábado, 27, antes de encerrar a extensão da turnê Olé em Porto Alegre, no dia 2 de março. Durante a passagem, Jagger criticou o público paulistano, afirmando que “as pessoas assistem ao show pelo celular.”