Round 6: Homem é condenado à morte por levar série para Coreia do Norte

Homem entrou na Coreia do Norte com episódios da série Round 6 em pen drives e vendeu para estudantes; saiba mais

Redação Publicado em 24/11/2021, às 14h58

None
Round 6 (Foto: Youngkyu Park/Netflix)

Um homem foi condenado à morte na Coreia do Norte por ter levado a série Round 6 para o país asiático. De acordo com o site Radio Free Asia, ele entrou no país com pen drives contendo os episódios da série sul-coreana e vendeu para estudantes. 

De acordo com o veículo, as autoridades locais chegaram até o homem, que não teve nome revelado, após interrogar sete estudantes que foram flagrados assistindo a série Round 6. O indivíduo será executado por um pelotão de fuzilamento, enquanto o estudante que comprou o pen drive foi condenado à prisão perpétua. 

+++ LEIA MAIS: Round 6: Criador revela final alternativo da série; conheça

Os outros seis estudantes que assistiram à série passarão por cinco anos de trabalhos forçados, enquanto os professores e funcionários da escola em qual Round 6 foi vista foram demitidos e realocados para trabalhos em minas remotas. 

Isso tudo teve início na semana passada, quando um estudante do ensino médio comprou um pen drive contendo Round 6 e assistiu com um amigo em sala de aula”, disse uma fonte à Radio Free Asia.

A mesma fonte prosseguiu:

 O amigo contou para outros estudantes, que ficaram interessados e fizeram o pen drive circular. Eles foram pegos por censores após serem denunciados."

Vale ressaltar que o serviço de streaming Netflix, responsável pela produção de Round 6, não opera na Coreia do Norte e, por isso, os habitantes têm assistido a série de modo ilegal, como em pen drives, por exemplo.

O veículo também pontua que essa é a primeira vez em que o governo norte-coreano aplicou a lei local de "eliminação do pensamento e da cultura reacionários" para menores de idade. A lei condena à morte pessoas que assistirem, mantiverem e distribuírem conteúdos produzidos em países capitalistas, como Estados Unidos e Coreia do Sul. 

+++ LEIA MAIS: Round 6: Após acidente em Rust, Hwang Dong-hyuk comenta segurança no set: ‘Nunca vi uma bala real’

As informações são do Daily Mail.