Salman Abedi, de 22 anos, é identificado como responsável por atentado em show de Ariana Grande

O Estado Islâmico assumiu a autoria do ataque, que matou pelo menos 22 pessoas em Manchester

Rolling Stone EUA Publicado em 23/05/2017, às 16h27 - Atualizado às 18h38

Policiais observam os tributos às vítimas do show do ataque terrorista ocorrido no show da cantora Ariana Grande em Manchester, na Inglaterra, em 23 de maio de 2017. As homenagens foram colocadas na praça St. Ann.

Ver Galeria
(3 imagens)

Salman Abedi, um britânico de 22 anos com origem líbia, foi identificado como o responsável pelo ataque terrorista que aconteceu durante o show da cantora Ariana Grande, de acordo com informações do jornal The New York Times. O atentado ocorreu na parte de fora da Manchester Arena, na Inglaterra, na noite da última segunda, 22, e deixou pelo menos 22 mortos e 59 feridos.

Abedi executou o ataque com o maior número de mortos no Reino Unido desde 2005, ano em que bombas foram explodidas em Londres e no norte da Inglaterra. O Estado Islâmico assumiu a autoria da ação. De acordo com a Primeira Ministra Theresa May, o local e horário foram escolhidos para que a “maior carnificina possível” pudesse ser realizada.

O chefe da polícia de Manchester, Ian Hopkins, identificou o terrorista durante uma coletiva com a imprensa. Ele se recusou a dar mais detalhes, observando que ainda não havia a confirmação de um legista. “A prioridade continua sendo entender se ele agiu sozinho ou se fazia parte de uma rede”, disse. Antes do pronunciamento, outro homem de 23 anos, já havia sido preso, no sul da cidade, por suspeita de conexão com o atentado.