Sinead O’Connor decide não se aposentar da música e pede desculpas pelo 'susto'

Sinead O'Connor explicou que decidiu se aposentar devido a um artigo 'mal-intencionado' a chamando de 'a mulher louca no sótão do pop'.

Itaici Brunetti Publicado em 09/06/2021, às 09h03

None
Sinead O’Connor (Foto: Evan Agostini/ Getty Images)

Após anunciar aposentadoria da música na última sexta, 4, Sinead O'Connor voltou atrás em sua decisão. Pelas redes sociais, a cantora irlandesa de 54 anos avisou que não deixará os shows e nem o mundo dos discos, além de pedir desculpas aos fãs pelo "susto."

"Boas notícias. F*da-se se aposentar. Eu me retrato. Não estou me aposentando," afirmou Sinead O'Connor pelo Twitter nesta terça, 8. 

+++LEIA MAIS: Sinéad O’Connor anuncia aposentadoria da música: ‘Envelheci e estou cansada’

Em um texto longo dividido em 3 partes, a cantora explicou que decidiu se retirar devido a uma reação após um artigo "mal-intencionado" da BBC a respeito de seu livro de memórias, Rememberings, a chamando de "a mulher louca no sótão do pop."  

No entanto, a enxurrada de mensagens de "apoio surpreendente" dos fãs pedindo para que ela não abandonasse os palcos e os estúdios a fez repensar na escolha. 

Sinead O'Connor pediu desculpas aos fãs, promotores e estabelecimentos pelo "susto" e avisou que deverá se apresentar ao vivo em 2022, além de lançar o próximo álbum, No Veteran Dies Alone. "Para ser honesta, me dei um susto também", confessou ela no post.

+++LEIA MAIS: Sinead O'Connor nega affair com Anthony Kiedis, do Red Hot Chili Peppers, e revela caso com Peter Gabriel; entenda

As informações são do The Independent.


+++ URIAS: 'AS PESSOAS ESTÃO COMEÇANDO A ENTENDER MAIS DE MIM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL