Pulse

Snoop Dogg e Shaquille O'Neal farão piadas sobre Justin Bieber em especial de comédia

No Comedy Central Roast, uma celebridade é escolhida para ser alvo de brincadeiras dos convidados

Redação Publicado em 06/03/2015, às 13h01 - Atualizado às 14h19

Cantor em festival de cinema na França, em maio de 2014
Joel Ryan/AP

O cantor pop Justin Bieber será a próxima "vítima" do Comedy Central Roast, programa do canal de TV em que um famoso é "frito" (ou "assado", em tradução mais literal) por comediantes e celebridades, que fazem piada de todos os tipos sobre o convidado de honra (e uns sobre os outros).

Justin Bieber é preso no Canadá por direção perigosa e agressão.

Na última edição, por exemplo, o ator James Franco foi “cornetado”, em 2013, por um grupo liderado por Seth Rogen, amigo pessoal e companheiro dele no recente filme A Entrevista. Em 2011, Charlie Sheen foi alvo de troças de Seth MacFarlane, Mike Tyson, entre outros.

Os nove surtos mais chocantes de astros teen.

No próximo dia 30 de março, Bieber estará na mira de um pelotão que inclui Hannibal Buress, Chris D'elia, Snoop Dogg, Natasha Leggero, Ludacris, Shaquille O'Neal, Jeffrey Ross e Martha Stewart.

Assim que o Comedy Central divulgou os nomes dos participantes do Roast em "homenagem" a Justin Bieber, o cantor entrou no clima da brincadeira e cutucou o ator Seth Rogen pelo Twitter: “Está faltando alguém. Não falhe comigo agora @Sethrogen!!! #whereisseth (cadê está Seith?)". Em 2014, Rogen usou a mesma rede social para declarar: "Bieber é um merda”.

“Acho que é legal saber rir de você mesmo. Eu fiz algumas coisas que podem não ter sido as coisas mais bacanas do mundo. Vou admitir algumas delas”, disse Bieber durante participação recente no programa de Ellen DeGeneres.

Justin Bieber estrela campanha da marca Calvin Klein ao lado de Lara Stone.

O jovem canadense de 20 anos, de fato, tem se tornado notícia por motivos desagradáveis nos últimos meses. Em setembro de 2014, ele foi preso por direção perigosa e por ter agredido o motorista de um carro com o qual colidiu.

Após a última turnê internacional dele, em 2013, em que foi acusado de pichação no Brasil, e vaiado na Argentina, o astro começou 2014 com alegações de que havia atirado ovos na casa de um vizinho, o que levou a uma busca na casa do cantor, localizada na Califórnia, e à descoberta de drogas no local, fato que forçou a justiça a decretar a liberdade condicional do artista.

Também em 2014, Bieber foi preso em Miami dirigindo sob o efeito do álcool. Na ocasião, preencheu um documento da polícia usando expressões vulgares e agressivas.