Tom Petty volta ao passado com sua banda pré-Heartbreakers

“Considero o primeiro disco do Mudcrutch um dos melhores trabalhos nos quais já me envolvi”, diz Petty

Andy Greene Publicado em 10/09/2015, às 13h28 - Atualizado às 13h32

Tom Petty
Wade Payne/AP

Faz sete anos que tom petty reuniu o Mudcrutch, a banda de vida curta que ele formou no início da década de 1970, anos antes de encontrar fama com o Heartbreakers. O autointitulado álbum de estreia, Mudcrutch (2008), é um dos melhores trabalhos recentes de Petty. Agora, ele está preparando um segundo disco do Mudcrutch. “Passei o último mês trabalhando freneticamente no material”, afirma, observando que está feliz com quatro das músicas que tem. “O bom do Mudcrutch é que todos trazem material, então não tenho de compor 12 músicas ou algo assim. Fazer este sucessor é algo que me intimida, porque considero o primeiro um dos melhores discos nos quais já me envolvi.”

Edição 92: Tom Petty olha para o passado para voltar às raízes roqueiras em novo disco.

O Mudcrutch originalmente contava com o baterista Randall Marsh e o guitarrista Tom Leadon (irmão do guitarrista fundador do Eagles, Bernie Leadon), além de dois futuros Heartbreakers, o guitarrista Mike Campbell e o tecladista Benmont Tench. A banda começou em 1970, em Gainesville, Flórida, cidade natal de Petty. Depois, se mudou para Los Angeles, onde acabou em 1975, após lançar apenas um single.

Relembre como foi o último show de Tom Petty com o baterista Stan Lynch.

“É totalmente diferente do Heartbreakers”, afirma Petty. “É uma cozinha diferente e um estilo diferente de música. Toco baixo, o que é muito divertido para mim, já que comecei como baixista. E Tommy está um absurdo na guitarra. Passamos a adolescência cantando juntos, então a mistura funciona bem.”

O primeiro álbum do Mudcrutch foi gravado em apenas duas semanas. A banda planeja um processo semelhante para gravar o segundo trabalho. Além disso, Petty espera fazer uma turnê mais extensa, desta vez.

Tom Petty divulga a inédita "Forgotten Man"; ouça.

“Adoraria ir à costa leste com a banda”, diz. “Da última vez, estávamos com pressa porque tínhamos uma turnê grande do Heartbreakers se aproximando. Agora, estou só compondo e preciso mudar minha mentalidade do Heartbreakers para esse tipo de música.”

Também está em andamento um álbum construído em torno de material que Petty gravou para Wildflowers (1994), o disco solo produzido por Rick Rubin que segue como um dos mais amados pelos fãs. “Não é realmente um box”, diz sobre o lançamento. “Temos o segundo álbum do que originalmente seria um disco duplo. Vamos lançar como um álbum sozinho. Ele está lá pronto e parado, só estou esperando para saber quando vão colocar no mercado.”

Enquanto isso, Petty não tem intenção de gravar mais um disco solo no futuro próximo. “Não estou ansioso para tocar com mais ninguém além do Heartbreakers”, afirma, “então não vejo sentido”.