Tributo a George Floyd é vandalizado em universidade dos Estados Unidos

O mural com nomes como George Floyd e Breonna Taylor queria homenagear negros mortos em confrontos com a polícia

Vitória Campos | @camposvitoria (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 26/03/2021, às 20h11

None
George Floyd (Foto: Reprodução / Instagram)

Na intenção de relembrar negros norte-americanos mortos em confrontos com a polícia, alunos da Duke University criaram um mural de honra em um dormitório predominante negro e latino. Entre várias outras homenagens, havia uma para George Floyd. As informações são do Vice

Além de Floyd, nomes como Breonna Taylor, Philando Castile, entre outros, também estavam em destaque no mural.

+++ LEIA MAIS: Tom Morello faz trilha sonora para curta em homenagem a George Floyd

George Floyd morreu em maio de 2020, supostamente sufocado por um policial. Mas os advogados do agente afirmaram como Floyd, na verdade, estava drogado. Os alunos da Duke anexaram no painel uma cópia do exame toxicológico dele, o qual aponta uma pequena quantidade de fentanil, mas não o suficiente para ser fator relevante.

No entanto, o exame de Floyd foi rabiscado com mensagens depreciativas. “Misturar drogas causa dificuldade respiratória! Overdose? Homem bom? O uso de notas falsas é crime!,” diziam as mensagens de ódio. 

+++ LEIA MAIS: Novos hinos de protesto: como artistas responderam ao assassinato de George Floyd

O aluno Matt Mohn encontrou o mural vandalizado e não acreditou quando leu, segundo o Chronicle. “Era literalmente apenas o autor expressando a própria opinião de que ele não era um bom homem porque tinha uma nota de US$ 20 falsificada. ”

O bilhete foi rapidamente retirado e as investigações para descobrir o autor do vandalismo estão em andamento. O corpo docente trabalha para fornecer todo o apoio aos alunos afetados pela situação. 

+++ LEIA MAIS: George Floyd: ouça as músicas do homem brutalmente assassinado por policiais nos EUA

No dia 25 de maio de 2020, George Floyd foi morto por um policial em Minneápolis, EUA. O caso foi um dos principais motores do Black Lives Matter, onda de protestos contra o racismo ao redor do mundo.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

 +++ KANT | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL