Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Eita!

Wolfgang Van Halen responde críticas de David Lee Roth: 'Meu pai não está aqui para ser um alvo'

Em publicações feitas no YouTube, David Lee Roth fez alguns insultos dirigidos a Wolfgang Van Halen e Sammy Hagar, ex-companheiros de Van Halen

Wolfgang Van Halen e David Lee Roth (Foto: Kevin Winter/Getty Images)
Wolfgang Van Halen e David Lee Roth (Foto: Kevin Winter/Getty Images)

Filho de Eddie Van Halen, lendário guitarrista do Van Halen que morreu em 6 de outubro de 2020, Wolfgang Van Halen recebeu críticas de David Lee Roth, que também realizou alguns insultos ao vocalista Sammy Hagar em vídeos publicados no YouTube.

"Esse maldito garoto está reclamando durante toda a turnê que eu não estaria prestando atenção suficiente nele no palco. Como o Papai Noel descendo pela chaminé e aparecendo no Natal sem ninguém prestando atenção. Shalom para a cúpula, mano. Estou dando a ele o melhor. Tudo que eu tenho na frente são vinte, trinta mil pessoas de uma só vez, e ele está reclamando com todos ao meu redor – o gerente de negócios, o segurança, a camareira – ‘Dave não está prestando atenção suficiente em mim,'" falou Roth sobre Wolfgang.

+++LEIA MAIS: Por que Wolfgang Van Halen substituiu Michael Anthony na reunião da banda?

Durante entrevista ao programa de rádio The Morning X, Wolfgang falou sobre os comentários ofensivos de David Lee Roth. "Estou honrado que [Roth] pense em mim tanto quanto parece," afirmou. "Você precisa aceitar o que ele diz com cautela, considerando que ele também disse que escreveu 'Eruption' e criou [a guitarra personalizada de Eddie Van Halen] a Frankenstein Strat."

Ele disse que escreveu todos os solos que papai escreveu. Acho que é tudo o que posso dizer.

"Parece que nasci neste drama do Van Halen que veio muito antes de mim," continuou o baixista na conversa na rádio. "E, agora que meu pai não está aqui para ser um alvo, acho que ele foi para a próxima melhor opção."

+++LEIA MAIS: Guns N' Roses convida Wolfgang Van Halen para performance de 'Paradise City'; assista


Van Halen: as críticas de David Lee Roth a Sammy Hagar e Wolfgang Van Halen

O Van Halen acabou oficialmente com a morte do guitarrista Eddie Van Halen, em 2020. Porém, a banda estava reclusa desde 2015, quando realizou suas últimas apresentações ao vivo. Além de Eddie, o grupo contou em sua formação final com Alex Van Halen na bateria, Wolfgang Van Halen (filho de Eddie) no baixo e David Lee Roth nos vocais.

Este último não parece estar preocupado com sua reputação perante os ex-colegas. Em recentes publicações no YouTube, o cantor fez críticas não apenas a Wolfgang, como também aSammy Hagar, vocalista que lhe substituiu na banda após sua primeira saída, em 1985.

+++LEIA MAIS: O rockstar que Wolfgang Van Halen quer ser igual quando crescer (não é o pai)

Hagar, vale ressaltar, fez comentários negativos sobre Roth em diferentes ocasiões ao longo das décadas. Somente nos últimos tempos, disse que consegue cantar as músicas do Van Halen gravadas pelo rival com o pé nas costas, afirmou ter se sentido constrangido ao ver o colega de profissão se apresentar recentemente e comentou que sequer o respeita como artista.

A resposta de Diamond Dave a Sammy, primeiro alvo, chegou por intermédio de uma confusa gravação em áudio (via site Igor Miranda). Antes, um pouco de contexto: Hagar diz em sua autobiografia, “Red”, que acredita ter recebido contato de alienígenas. DLR aproveitou a situação para dizer que os seres de outro planeta se aproveitaram sexualmente do colega de profissão.

“De acordo com Sam, ele foi abduzido por aliens. Eu sei que quando você é abduzido por aliens, você é sondado sexualmente. Sou compelido a abordar esse assunto sórdido num esforço para explicar a conduta de Sam Hagar. Pelos últimos 10 anos, eu não falei uma sílaba sobre ele. Nenhuma. Eu desafio a acharem algo. E perante a constante corrente de gás flatulento direcionada ao Mojo Dojo Diamond Dave Laboratories… e acho que chegamos à resposta técnica e médica que possa explicar a conduta de Sammy Hagar e seu derramamento constante de diarreia vitriólica na nossa direção. Sammy Hagar foi abduzido por aliens e sondado sexualmente.”

Em outro registro (via site Igor Miranda), Roth se alongou ao direcionar vários comentários sobre Wolfgang, que não costuma falar publicamente sobre o vocalista — embora tenha sugerido que ele seja o responsável pelos remanescentes do Van Halen não conseguirem se reunir sequer para fazer um show em homenagem a Eddie. Inicialmente, David afirmou que o filho do guitarrista, responsável por assumir o baixo no grupo a partir de 2006, é carente por atenção.

“Esse maldito garoto está reclamando durante toda a turnê que eu não estaria prestando atenção suficiente nele no palco. Como o Papai Noel descendo pela chaminé e aparecendo no Natal sem ninguém prestando atenção. Shalom para a cúpula, mano. Estou dando a ele o melhor. Tudo que eu tenho na frente são vinte, trinta mil pessoas de uma só vez, e ele está reclamando com todos ao meu redor – o gerente de negócios, o segurança, a camareira – ‘Dave não está prestando atenção suficiente em mim’.”

Em seguida, DLR conta duas histórias sobre como Wolfgang teria ordenado que seguranças retirassem mulheres de shows do Van Halen por acreditar que seriam groupies convidadas pelo vocalista. Na verdade, segundo ele, eram funcionárias da própria banda.

“Em Nova York, esse garoto requisitou alguns gorilas musculosos para irem lá atrás, pelas minhas costas, para o lado do palco e expulsarem essas duas grandes damas que convidei para o show. E essas mulheres estão na casa dos quarenta, ok? Mulheres de negócios. Não estou falando de groupies. Essas duas mulheres trabalham para a firma de contabilidade que o representa, não para mim. Mas, como sempre, ele, assim como seu tio (Alex) e o irmão de seu tio (Eddie), endureceram as regras para convidados. Eu sabia que iriam fazer isso, então me antecipei e dei ingressos para elas. Coloquei-as bem ao lado. Elas carregam os contracheques de todas as 82 pessoas da equipe de estrada.”

Outro caso

A segunda situação mencionada por David Lee Roth remete ao último show do Van Halen, em Hollywood. O relato é similar.

“Esse maldito garoto! Novamente ele comanda dois gorilas musculosos, localiza a única dama que é minha convidada. Ela está nos bastidores. Eles a encontram, fazem com que passe vergonha na frente de todos os outros convidados, vão para o estacionamento e a jogam para fora do local! Wolfie Van Halen vai me ensinar uma lição jogando fora o que ele pensa ser minha namorada. Mas adivinhe? Ela não apenas é uma contadora de novo, e ela não apenas carrega os contracheques de 82 de nós na equipe de estrada, mas também carrega bônus em dinheiro para todos lá. É a mesma senhora de Nova York!”

Até o momento, Sammy Hagar e Wolfgang Van Halen não se manifestaram sobre os comentários.