Yusuf Islam faz nova acusação de plágio contra Coldplay

Após ser alvo de processo de Joe Satriani, "Viva la Vida" entra mais uma vez na berlinda por suposto plágio; músico, Yusuf, mais conhecido como Cat Stevens, diz que faixa é cópia de "Foreigner Suite", de 1973

Da redação Publicado em 05/05/2009, às 11h45

As acusações de plágio contra o Coldplay voltaram a toda, e dessa vez o tiro não vem do guitarrista norte-americano Joe Satriani. Em entrevista ao tabloide britânico The Sun, o músico londrino Yusuf Islam, mais conhecido como Cat Stevens (ele mudou de nome em 1977, depois de se converter ao islamismo), alegou que a canção "Foreigner Suite", de seu álbum homônimo de 1973, é base indiscutível para "Viva la Vida", do álbum Viva la Vida or Death and All His Friends - a mesma que já havia sido alvejada pelas acusações de Satriani e também do vocalista da menos conhecida Creaky Boards.

"Existe esse argumento sobre o Coldplay roubando a melodia de Joe Satriani, mas, se você escutá-la, é minha! É "Foreigner Suite", apenas é!", garantiu, sem sinalizar se pretende tomar ações legais a respeito, com fez Satriani.

No mês passado, o grupo britânico foi ao tribunal negar as acusações de Satriani. À Rolling Stone EUA, no entanto, deu curiosa declaração, em 2005: "Nós somos bons, mas não acho que sejamos tão originais. Penso em nós como incrivelmente bons plagiadores".

A reboque da comparação entre o hit dos britânicos e sua faixa de 18 minutos, Islam também revelou que "sequestrou" um dos colaboradores do grupo liderado por Chris Martin para seu novo álbum. "Usei Michael H. Brauer (responsáve pelo mix do Coldplay) em Roadsinger, ele é brilhante. Ganhou um Grammy pelo álbum (da banda britânica)!"

Jogada de marketing? A possibilidade não foi descartada: Roadsinger, que chega às prateleiras nesta terça, 5, é o álbum de retorno do músico e compositor.

Mas a hipótese de que o próprio Satriani tenha se inspirado na faixa de 1973 já havia sido levantada antes de o músico vir à tona com a acusação. Confira no vídeo abaixo: