Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Vitrine / Curiosidade

O motivo por trás do nome “Indiana Jones” que você provavelmente não conhecia

Saiba como foi escolhido o nome do mais famoso arqueólogo da cultura pop

Lucas Peçanha Publicado em 25/03/2024, às 16h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Saiba como foi escolhido o nome do mais famoso arqueólogo da cultura pop - Créditos: Reprodução/Amazon
Saiba como foi escolhido o nome do mais famoso arqueólogo da cultura pop - Créditos: Reprodução/Amazon

No ano de 1981, os entusiastas de filmes de ação ganharam um novo ídolo. Indiana Jones e Os Caçadores da Arca Perdida chegava aos cinemas, e as aventuras do arqueólogo em busca da Arca da Aliança cativou imediatamente o público. O personagem criado por Steven Spielberg e George Lucas foi idealizado juntando traços de James Bond e uma pitada de alguns exploradores das clássicas revistas pulp, como Doc Savage, resultando em um dos maiores ícones do entretenimento.

Para efeito de curiosidade, o visual de Indy foi fortemente inspirado no personagem Harry Steele (Charlton Heston), do filme O Segredo dos Incas (1954), e tal influência foi reconhecida pela própria figurinista de Os Caçadores da Arca Perdida, Deborah Nadoolman

Com todas as inspirações para o visual do personagem, outra dúvida recai sobre a sua criação: a origem de seu nome. E essa é uma história desconhecida por grande parcela dos fãs da franquia.

Uma inspiração de quatro patas

Spielberg e George tinham longas conversas sobre qual nome colocar no que viria a se tornar o futuro arqueólogo. Na época, George estava escrevendo o roteiro para Os Caçadores da Arca Perdida, e Marcia Lucas, sua esposa, sabia da dificuldade que ele e Spielberg enfrentavam para encontrar um bom nome para o personagem. O casal tinha uma enorme – e peluda – cachorra da raça Malamute do Alasca chamada… Indiana. Coincidentemente, ela foi inspiração para a criação do visual do Chewbacca de Star Wars, e era bastante companheira com ambos. 

George, após ouvir a sugestão da esposa de batizar o personagem com o mesmo nome da cadela, contatou Spielberg e comentou sobre a ideia, e ele aceitou.

Indiana sempre ficava perto de George enquanto ele escrevia, e essa relação de companheirismo foi também um dos aspectos que foram levados para o convívio de Han Solo com seu amigo peludo. 

Eu tinha uma Malamute do Alasca quando estava escrevendo [Star Wars]. Uma cachorra muito doce, ela sempre se sentava ao meu lado quando eu estava escrevendo. E quando eu dirigia por aí, ela se sentava no banco da frente... Tê-la sempre comigo me inspirou a dar a Han Solo um parceiro que fosse como um grande cachorro peludo. Não exatamente como um cachorro, mas inteligente.

Na história, o pai do protagonista, Henry Walton Jones (Sean Connery) , sempre se recusa a chamar o filho de Indy, referindo-se a ele sempre como “Júnior”. Em A Última Cruzada, no flashback que inicia o filme, é possível ver um cachorro na casa dos Jones, e o mesmo recebeu o nome de Indiana, em homenagem à cadela do roteirista. Mesmo tendo crescido ao lado de Indy e sido considerada por ele sua melhor amiga, o patriarca nunca se rendeu à chamá-lo pelo nome da cachorra.

As Aventuras de Indiana… Smith?

Após a sugestão de Marcia Lucas, a dupla ainda precisava de um sobrenome para o arqueólogo. Após pesquisas, descobriram que o mais comum dos Estados Unidos era “Smith”, e como George queria algo “único e americano”, pensou que essa talvez fosse a melhor opção. Inicialmente, por sugestão de George, o primeiro filme da franquia chamaria-se As Aventuras de Indiana Smith. E Spielberg odiou a ideia. 

Aparentemente, o motivo da repulsa do diretor por esse nome se devia à semelhança com o western Nevada Smith, estrelado por Steve McQueen. Como queriam algo mais original, a ideia acabou sendo descartada, e aparentemente foi durante uma conversa de ambos com o roteirista Lawrence Kasdan que o sobrenome “Jones” veio à tona, durante uma sessão de brainstorming:

Kasdan: Você tem um nome para esse personagem?

George Lucas: Eu tenho.

Steven Spielberg: Eu odeio, mas vai em frente.

George Lucas: Indiana Smith. Tem que ser único. É um personagem. Muito americano. Quadradão. Ele nasceu em Indiana.

Kasdan: Como vão chamá-lo? Indy?

George Lucas: Isso é o que eu estava pensando. Ou Jones.

Após longas discussões, pesquisas e uma sugestão pra lá de inusitada, a dupla finalmente escolheu o nome para aquele que viria a tornar-se um dos heróis mais famosos e queridos do cinema.


+Adquira colecionáveis e outros produtos de Indiana Jones por meio da Amazon:

POP! INDIANA JONES - INDIANA JONES COM BOLSA #1350 – FUNKO - https://amzn.to/49nVW3v 

Funko Indiana Jones with Whip Pop! Vinyl Bobble-Head Figure Limited Edition Exclusive - https://amzn.to/4asFHCP 

Pop Funko 1360 Indiana Jones Boulder Escape - https://amzn.to/4agT2OK

Funko Pop Movies: Indiana Jones And The Last Crusade Henry Jones Sr. - https://amzn.to/3xakAaf

Indiana Jones e Henry Jones 118 Deluxe Exclusivo Pop Funko - https://amzn.to/3x9ORGg

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data de publicação deste post. Além disso, assinantes Amazon Prime recebem os produtos com mais rapidez e frete grátis, e a Rolling Stone pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/3d5KDAX   

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2UbsHfD 

Baixe agora o aplicativo da Amazon: https://amzn.to/3RfCEot