Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Avatar 2: James Cameron cortou 10 minutos de cenas de ação para não induzir 'fetiche' a violência armada

James Cameron refletiu, em entrevista à Esquire Middle East, sobre o propósito do uso de armas em produções cinematográficas

Redação Publicado em 28/12/2022, às 17h35

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Avatar (Foto: Reprodução / 20th Century Studios)
Avatar (Foto: Reprodução / 20th Century Studios)

Em Avatar: O Caminho da Água (2022), o diretor James Cameron revelou ter cortado 10 minutos de cenas de ação para evitar fetichizar a violência armada para o público. Segundo o cineasta, as cenas removidas não eram necessárias para o enredo da história.

Em entrevista à Esquire Middle East, Cameron refletiu sobre o propósito do uso de armas em produções cinematográficas, comparando a produção com filmes que ele fez no passado, como O Exterminador do Futuro (1984), e como sua perspectiva mudou nos anos seguintes, apontando estar mais interessado em apresentar as ações de um “crime moral”.

+++ LEIA MAIS: Avatar: Por que James Cameron quer tantos filmes da franquia?

Eu queria me livrar de um pouco da feiúra, encontrar um equilíbrio entre a luz e a escuridão. Eu olho para trás em alguns filmes que fiz e não sei se gostaria de fazer aquele filme agora. O que está acontecendo com as armas em nossa sociedade revira meu estômago. ”

Pensando na realidade fora da tela das cinema, James Cameron ainda comentou sobre a decisão da Nova Zelândia em proibir certas armas, após um tiroteio em massa em 2019 que deixou dezenas de mortos. “Estou feliz por morar na Nova Zelândia, onde acabaram de proibir todos os rifles de assalto duas semanas depois daquele terrível tiroteio na mesquita alguns anos atrás”.

+++ LEIA MAIS: Avatar 2 é ‘maravilhoso e impressionante,’ revela ator Sam Worthington

Com Avatar: O Caminho da Água (2022), o cineasta teve como objetivo minimizar qualquer violência excessiva sem esvaziar a narrativa de alta ação, principalmente na cena final da batalha. “Você tem que ter conflito, é claro”, explicou ele.

Violência e ação são a mesma coisa, dependendo de como você olha para isso. Esse é o dilema de todo cineasta de ação, e sou conhecido como um cineasta de ação.”

Mais sobre Avatar 2

14 anos após os acontecimentos vistos no primeiro filme, Avatar: O Caminho da Água (2022) mostrará a família de JakeSully (Sam Worthington), ex-fuzileiro em seu corpo Na’vi, ao lado de Neytiri (Zoe Saldaña), criando sua nova família em meio aos eventos que os levam para Metkayina, uma tribo aquática de Na’vi que vive nas águas rasas de Pandora.

Além de Zoe Saldana e SamWorthington, nomes como Sigourney Weaver, Stephen Lang, Joel David Moore, CCHPounder retornarão para a sequência. Assista ao trailer na íntegra abaixo: