Guardiões da Galáxia: Por que Marvel não entendia visão de James Gunn?

Kevin Feige precisou lutar para que a Marvel aceitasse a visão do diretor James Gunn em Guardiões da Galáxia

Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 08/11/2021, às 19h03

None
Guardiões da Galáxia (Foto: Divulgação / Marvel)

Apesar de ser diferente de algumas produções da Marvel, Guardiões da Galáxia (2014) foi – e ainda é – um sucesso entre o público. Mas a princípio, o Comitê Criativo do estúdio não entendeu a proposta do diretor James Gunn e Kevin Feige precisou lutar para ele poder manter a visão do filme que tinha imaginado. (via CBR)

No livro The Story of Marvel Studios: The Making of the Marvel Cinematic Universe (2021), sobre os bastidores das produções da Marvel, o produtor de Guardiões da Galáxia, Jeremy Latcham, detalhou a relação do estúdio com as ideias de Gunn. “Eles não entendiam a música. Não entendiam o tom,” disse. “Realmente lutamos pelo filme e para manter a visão de James intacta. Sabíamos que era algo especial. Simplesmente continuamos seguindo em frente.”

+++ LEIA MAIS: O Esquadrão Suicida e Guardiões da Galáxia são mesmo parecidos?

Por outro lado, Feige acreditava que isso era tudo o que a Marvel precisava fazer naquele momento. “Era importante se arriscar. Parecia que era o momento apropriado, podia ser até um pouco tarde. Não precisava ser um enorme sucesso. Estávamos tentando algo novo baseado em personagens que eram ainda menos conhecidos do que qualquer um dos que vieram antes de Vingadores,” disse.

Além das preocupações com estilo dos anos 1970 e trilha sonora com hits de 1980, Gunn também trouxe um novo elenco para o MCU com atores como Chris Pratt de Parks and Recreation (2009) e o ex-lutador Dave Bautista. No entanto, o filme não decepcionou e além da ótima recepção da crítica, arrecadou US$ 773,3 milhões de bilheteria.

+++ LEIA MAIS: Qual música James Gunn se recusa a incluir em Guardiões da Galáxia?

O sucesso foi tanto que a equipe de heróis apareceu em Vingadores: Guerra Infinita(2018) e Ultimato (2019), além de ganharem mais dois filmes solos. Agora, Gunn se prepara dirigir Guardiões da Galáxia Vol. 3 (2023), o qual as filmagens já iniciaram, como diretor divulgou nas redes sociais. Confira: