Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Fim da Cartoon Network? Canal anuncia fusão com Warner Bros

Cartoon Network e Warner Bros passam a ser uma única empresa

Redação Publicado em 14/10/2022, às 13h50

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Cartoon Network (Foto: reprodução)
Cartoon Network (Foto: reprodução)

A Cartoon Network se uniu com a equipe da Warner Bros Animation em busca de um "realinhamento estratégico" da empresa. De acordo com o portal Collider as equipes serão unificadas e o estúdio passa a ser um só. 

Outro ponto importante é que a Hanna-Barbera Studios Europe continuará sendo uma equipe separada das demais (Warner e Cartoon). Todavia, os três estúdios continuarão sendo liderados pela mesma pessoa, Sam Register (via IGN Br).

+++ LEIA MAIS: HBO Max pode deixar de existir? Jornalista responde

A fusão vem após demissões em massa na empresa e do cancelamento de produções já gravadas. Estima-se que cerca de 70 pessoas foram demitidas das equipes do diretor de conteúdo da HBO, Casey Bloys. As demissões foram uma medida de corte de custos para a Warner Bros. Discovery, já que o CEO David Zaslav busca US$ 3 bilhões em economia de custos.

+++ LEIA MAIS: HBO Max e Discovery+ serão uma única plataforma de streaming em 2023


HBO Max e Discovery+ serão uma única plataforma de streaming em 2023

Após os rumores de que o serviço de streaming da HBO poderia chegar ao fim, a Warner Bros. Discovery informou na última quinta-feira, 4, que pretende fundir os streamings HBO Max e Discovery+. Ainda sem nome e valor definido, o novo serviço será lançado nos países da América Latina, incluindo o Brasil, entre setembro e dezembro de 2023.

A notícia vinha sendo especulada já algum tempo, desde quando a Discovery comprou a WarnerMedia (antiga AT&T) em abril deste ano. Segundo o planejamento, os dois streamings se unirão gradualmente em cada território, começando pela América do Norte, onde a fusão acontecerá entre junho e agosto do ano que vem. 

+++ LEIA MAIS: HBO Max pode deixar de existir? Jornalista responde

Em 2024, será a vez da Europa e da Ásia receberam a nova plataforma. Depois disso, a Warner Bros. Discovery buscará alcançar outros territórios. Até lá, os catálogos de ambas devem passar por adaptações para melhor se encaixarem nas novas diretrizes da empresa.

David Zaslav, CEO da Warner Bros. Discovery, revelou que o objetivo da fusão é priorizar o lançamento dos filmes nos cinemas, e as medidas agressivas tomadas recentemente (como o cancelamento de Batgirl e a retirada de alguns títulos de filmes e séries da HBO Max) foram para "corrigir as decisões da gestão anterior em relação ao streaming".

+++ LEIA MAIS: Homem-Aranha: Sem Volta para Casa está disponível na HBO Max

A união dos streamings não é a primeira grande mudança promovida pela Warner Bros. Discovery desde a fusão das gigantes do entretenimento. Um relatório do TheWrap informou que 70% da equipe de desenvolvimento da HBO Max seria demitida caso a mudança acontecesse, seguindo o mesmo caminho que diversos dirigentes importantes da Warner tomaram após a fusão.