Game of Thrones: HBO gastou mais de US$ 30 milhões em spin-off cancelado

Com Naomi Watts no elenco, a série derivada de Game of Thrones foi cancelada em outubro de 2019

Redação Publicado em 02/12/2021, às 11h37

None
Kit Harington em Game of Thrones (Foto: Reprodução HBO)

A HBO gastou mais de US$ 30 milhões em um spin-off cancelado de Game of Thrones (2011), de acordo com o livro Tinderbox: HBO’s Ruthless Pursuit Of New Frontiers, de James Andrew Miller. (Via NME)

Na obra, o presidente da WarnerMedia, Bob Greenblatt, explicou por que a série derivada estrelada por Naomi Watts foi cancelada em outubro de 2019 após a produção do episódio piloto.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Naomi Watts (@naomiwatts)

 

+++ LEIA MAIS: Por que, afinal, série de Game of Thrones com Naomi Watts foi cancelada pela HBO antes mesmo do lançamento?

“Eles gastaram mais de US$ 30 milhões no piloto do prequel de Game Of Thrones quando cheguei lá. Quando vi um corte alguns meses depois de chegar, disse ao [diretor de conteúdo da HBO] Casey [Bloys]: 'Isso simplesmente não funciona e não acho que cumpre a premissa da série original'."

Greenblatt continuou: “E ele não discordou, o que foi um alívio, na verdade. Então, infelizmente, decidimos desligar isso. Houve uma enorme pressão para acertar e não acho que teria funcionado.”

+++ LEIA MAIS: Game Of Thrones: Naomi Watts não pode revelar nada sobre prequel cancelada

Sobre o que era o spin-off de Game of Thrones?

A série cancelada não tinha título e seria ambientada milhares de anos antes dos eventos de Game of Thrones. A produção também contaria com Miranda Richardson e Josh Whitehouse no elenco e retrataria integrantes das Casas Stark e Lannister.