Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Jamie Lee Curtis se defende após ser chamada de 'bebê do nepotismo': 'Tentam diminuir, difamar e machucar'

Filha de estrelas do cinema, Jamie Lee Curtis foi um dos nomes a se destacar em matéria da Vulture como 'bebê do nepotismo'

Redação Publicado em 24/12/2022, às 09h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Jamie Lee Curtis (Foto: Jeff Kravitz / Getty Images)
Jamie Lee Curtis (Foto: Jeff Kravitz / Getty Images)

Em dezembro de 2022, uma matéria da Vulture elencava algumas celebridades de Hollywood consideradas "bebês do nepotismo," que se tornaram famosos porque os pais eram influentes na indústria. Uma dessas pessoas na lista foi Jamie Lee Curtis, que se defendeu do termo e explicou como as pessoas usam isso para "diminuir, difamar e machucar" os outros.

Vale lembrar como a artista é filha de Janet Leigh, atriz famosa por participar de Psicose (1960) e alguns outros longas de Alfred Hitchcock, e do ator Tony Curtis, conhecido pelo filme com Marilyn Monroe intitulado Quanto Mais Quente Melhor. Na última sexta, 23, Jamie Lee Curtis foi ao Instagram se pronunciar sobre toda comoção ao redor dos "bebês do nepotismo."

+++LEIA MAIS: 'Seria difícil colocar uma atriz de 64 anos em filmes da Marvel', diz Jamie Lee Curtis

Sou atriz profissional desde os 19 anos, o que me torna uma Nepo Baby das antigas. Nunca entendi, nem vou entender, quais qualidades me contrataram naquele dia, mas desde minhas duas primeiras falas na série Quincy M.E. como contratada na Universal Studios até este último ano criativo espetacular, cerca de 44 anos depois, não há um dia em minha vida profissional que passe sem que eu seja lembrada de que sou filha de estrelas de cinema," escreveu.

"A conversa atual sobre bebês do nepotismo é projetada apenas para tentar diminuir, difamar e machucar," continuou na publicação. "Que fique registrado, naveguei 44 anos com as vantagens que a minha fama associada e refletida me trouxe, eu não finjo que não existem, que tentem me dizer que não tenho valor sozinha."

É curioso como imediatamente fazemos suposições e comentários sarcásticos de que alguém relacionado a outra pessoa famosa em seu campo por sua arte, de alguma forma, não teria nenhum talento. Aprendi que isso simplesmente não é verdade.

+++LEIA MAIS: Além de Jenna Ortega: 7 'rainhas do terror', de Jamie Lee Curtis a Neve Campbell [LISTA]

Na parte final do texto, Jamie Lee Curtis falou sobre os méritos dela e da própria indústria: "Eu me preparei e apareci em todos os diferentes tipos de trabalho com milhares e milhares de pessoas e todos os dias tentei trazer integridade, profissionalismo, amor, comunidade e arte ao meu trabalho. Eu não estou sozinha. Há muitos de nós. Dedicado ao nosso ofício. Orgulho de nossa linhagem. Forte em nossa crença, em nosso direito de existir."